O Folclore Brasileiro

Por

A palavra Folclore significa “saber popular”. No caso do folclore brasileiro, temos várias manifestações, tradições, lendas e crenças baseadas na sabedoria popular e que tornam a cultura do país muito rica.

O folclore do país também conta com manifestações artísticas, como danças, festas populares e cantigas.

As lendas do folclore brasileiro misturam fatos reais e elementos fantasiosos. Essas histórias são transmitidas oralmente ao longo do tempo. As principais lendas são: Saci, Iara, Curupira, Boto cor de rosa, Bumba Meu Boi, Boitatá, Lobisomem, Corpo Seco, Mula-sem-cabeça.

Entre as danças folclóricas temos: o Carimbo, a Chula, o Moçambique, a Catira, a Congada, entre outras...

As cantigas infantis, as brincadeiras, como amarelinha e roda, e as quadrinhas também são elementos folclóricos importantes no Brasil.


O folclore brasileiro também é rico em superstições. Conheça algumas delas:
- Ficar com espelho ou qualquer objeto quebrado dentro de casa dá má sorte;

- Não deixar sapato virado, pois significa morte na família;

- Colocar a vassoura atrás da porta espanta a visita indesejada.


Conheça as principais lendas do folclore brasileiro:


Boitatá – É uma cobra de fogo que protege as matas. O Boitatá persegue e mata àqueles que prejudicam a natureza. É um mito de origem indígena.

Boto Cor de Rosa – É uma lenda da região amazônica. Trata-se de um homem jovem, bonito e charmoso que encanta as mulheres em bailes e festas, as leva para a beira de um rio e as engravida. Depois disso, ele vira boto e mergulha nas águas do rio.

Curupira – Também é um ser protetor da floresta. É representado por um anão de cabelos compridos e com os pés virados para trás.

Lobisomem – É a lenda de um homem que foi atacado por um lobo numa noite de lua cheia e passou a se transformar em lobo. Somente um tiro de bala de prata em seu coração pode matá-lo.

Mãe-D água (Iara) – É uma bela mulher, metade humana e metade de peixe. Com seu canto atraente, ela encanta os homens e os leva para o fundo das águas.

Mula-sem-cabeça – É uma lenda do interior do país. Uma mulher teve um romance com um padre e como castigo passa a se transformar numa mula sem cabeça que solta fogo pelas narinas.

Saci-Pererê – É um menino negro que tem apenas uma perna e fuma um cachimbo. Ele tem poderes mágicos e vive aprontando.


No Brasil, o dia do folclore é comemorado em 22 de Agosto.

Leia também! Assuntos relevantes