Literatura de Cordel

Também conhecida no Brasil como Folheto, a literatura de cordel é um gênero literário popular que tem como estrutura frequente a forma rimada e tem sua origem em relatos orais e, posteriormente, impressos em folhetos. Durante o Renascimento, houve a popularização da impressão dos relatos orais, no século XVI, e a literatura de cordel manteve-se ativa e popular no Brasil.

Literatura de cordel é um nome oriundo da forma como os folhetos eram tradicionalmente expostos para a sua venda: pendurados em cordas, barbantes ou cordéis em Portugal. A tradição de pendurar no barbante, entretanto, no Nordeste Brasileiro não foi herdada.

A literatura de cordel chegou ao Brasil no balaio dos colonizadores, e acabou por se instalar na Bahia, de onde acabou se espalhando para o restante do país, conquistando os espaços e o carinho dos autores brasileiros.


Literatura de Cordel no Brasil

No Brasil, durante a segunda metade do século XIX, as impressões chegaram nos folhetos, mas tinham características próprias. Sem limites para a criação dos temas dos folhetos, que permitiam o trabalho de qualquer temática, os mais comuns eram as lendas, fatos do cotidiano, temas religiosos e episódios históricos.

Tipicamente nordestina, no Brasil, a literatura de Cordel era comumente vendida em feiras e mercados pelos autores, mas atualmente pode ser encontrada ainda em locais como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Foram muitos os autores que tiveram sua literatura influenciada por esse estilo, como Guimarães Rosa, José Lins do Rego, Ariano Suassuna, João Cabral de Melo. A Academia Brasileira de Literatura de Cordel foi fundada no Brasil no ano de 1988 no estado do Rio de Janeiro.

Mitos, lendas e contos que são transmitidos oralmente de geração para geração fazem parte intensamente da literatura de cordel, mesmo que não possamos conhecer os originais autores de cada uma delas e que as lendas tenham suas estórias alteradas com o passar do tempo. Esse tipo de literatura é, inclusive, estudado por historiadores e antropólogos como uma forma de encontrar informações que sejam importantes para o entendimento da cultura e da história de determinada época. Por meio da literatura podemos resgatar informações como a arquitetura da época, a linguagem, os comportamentos, vestimentas e crenças, entre muitas outras coisas.

Leia também! Assuntos relevantes