Vírus

Por

Os vírus são estruturas simples, formadas por material genético do tipo DNA ou RNA. Estes seres são muito pequenos, medindo menos de 0,2 µm. Eles são formados por uma cápsula proteica, que é responsável por envolver e proteger o material genético.

O termo vírus vem do latim e significa fluido venenoso ou toxina. Estima-se que existam cerca de 3.600 espécies de vírus, e muitas delas são capazes de transmitir doenças aos seres vivos.

O vírus pode ser compreendido como uma partícula proteica que tem o potencial de infectar os seres vivos. Eles apresentam o perfil de parasitas obrigatórios, que se instalam no interior celular.

No processo de infecção, o vírus invade a célula e começa um processo de controle da reprodução celular. Todo vírus carrega uma pequena quantidade de ácido nucleico, que, como já mencionado, pode ser DNA, RNA ou os dois tipos de uma só vez. A cápsula proteica que envolve este material genético é chamada de capsídeo.

Características dos vírus

As proteínas que formam o capsídeo variam de acordo com cada tipo de vírus. As moléculas de proteínas virais são responsáveis por definir qual tipo de célula o vírus será capaz de infectar.

Existem vírus que só conseguem infectar bactérias (bacteriófagos), fungos (micófagos), animais ou plantas. Os vírus só podem ser observados no microscópio eletrônico.

Os vírus são seres acelulares e que se reproduzem e se multiplicam no interior de uma célula hospedeira. Por isso, eles são classificados como parasitas intracelulares obrigatórios.

Um vírus bastante conhecido do homem e que desafia a ciência e a medicina é o Vírus da Imunodeficiência Humana, conhecido como HIV/AIDS.

Outras doenças viróticas que acometem os seres humanos são: a Gripe, a Catapora, a Caxumba, a Dengue, a Febre Amarela, a Hepatite, a Rubéola, o Sarampo, a Varíola e a Raiva. Felizmente, para muitas destas doenças o homem já criou vacinas e formas eficazes de prevenção e tratamento.

É importante ressaltar que a vacinação é a medida mais eficaz de proteção contra as doenças virais. Mantenha sua carteira de vacinação sempre atualizada e busque também as vacinas não obrigatórias, que não fazem parte do calendário oficial, mas que são igualmente importantes.

Recentemente, um avanço relevante foi anunciado na luta contra as doenças virais. A vacina contra o vírus da dengue foi colocada no mercado para ajudar a combater essa doença que ainda ameaça os programas de saúde pública no Brasil.

Leia também! Assuntos relevantes