Doenças Causadas por Vírus


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Doenças Causadas por Vírus

Os vírus podem causar doenças em plantas e animais. As principais doenças causadas por vírus que atingem o homem são:

Hidrofobia (Raiva): saliva introduzida pela mordida de animais infectados (o cão, por exemplo). Infecção: o vírus penetra pelo ferimento e instala-se no sistema nervoso. Controle: vacinação de animais domésticos e aplicação de soro e vacina em pessoas mordidas. Sintomas e características: febre, mal-estar, delírios, convulsões, paralisia dos músculos respiratórios (é doença mortal).

Hepatite Infecciosa: transmissão: gotículas de muco e saliva; contaminação fecal de água e objetos. Infecção: o vírus instala-se no fígado onde se multiplica, destruindo células. Controle: injeção de gamaglobulina em pessoas que entram em contato com o doente; saneamento, cuidados com alimentos ingeridos. Sintomas e características: febre, anorexia, náuseas, mal-estar, icterícia (pode ser fatal).

Caxumba: transmissão: contato direto; objetos contaminados; gotículas de saliva. Infecção: o vírus multiplica-se nas glândulas parótidas; eventualmente localiza-se em outros órgãos, como ovários e testículos. Controle: vacinação. Sintomas e características: parotidite (infecção das parótidas), com inchaço abaixo e em frente das orelhas (pode tornar a pessoa estéril se atingir os testículos ou os ovários).

Gripe: transmissão: gotículas de secreção expelidas pelas vias respiratórias. Infecção: o vírus penetra pela boca ou pelo nariz, localizando-se nas vias respiratórias superiores. Controle: nenhum. Sintomas e características: febre, prostração, dores de cabeça e musculares, obstrução nasal e tosse.

Rubéola: transmissão: gotículas de muco e saliva; contato direto. Infecção: o vírus penetra pelas vias respiratórias e se dissemina através do sangue. Controle: aplicação de imunoglobulina (com efeito protetor discutível). Sintomas e características: febre, prostração, erupções cutâneas (em embriões provoca a morte ou deficiências congênitas).

Varíola: transmissão: gotículas de saliva; objetos contaminados e contato direto. Infecção: o vírus penetra pelas mucosas das vias respiratórias e dissemina-se através do sangue; finalmente, atinge a pele e as mucosas, causando lesões. Controle: vacinação. Sintomas e características: febre alta e erupções cutâneas (geralmente deixando cicatrizes na pele; pode ser fatal).

Sarampo: transmissão: contato direto e indireto com secreções nasofaríngeas da pessoa doente. Infecção: o vírus penetra pelas mucosas das vias respiratórias e dissemina-se através do sangue. Controle: vacinação. Sintomas e características: febre alta, tosse, vermelhidão por todo o corpo (pode ser fatal em crianças).

Febre Amarela: transmissão: Picada de mosquitos, entre os quais se destaca o Aedes aegypti. Infecção: o vírus penetra através da pele, dissemina-se pelo sangue e localiza-se no fígado, na medula óssea, no baço e em outros órgãos. Controle: vacinação e combate aos mosquitos transmissores. Sintomas e características: febre alta, náuseas, vômitos, calafrios, prostração e pele amarelada (pode ser fatal).

Poliomielite: transmissão: alimento e objetos contaminados; secreções respiratórias. Infecção: o vírus penetra pela boca, multiplica-se no intestino, dissemina-se pelo sangue e instala-se no sistema nervoso central, onde destrói os neurônios. Controle: vacinação. Sintomas e características: paralisia dos membros; em muitos casos ocorrem apenas febres baixas e indisposição, que logo desaparecem sem causar problemas (provoca deficiência física).

AIDS (Síndrome da Imuno-Deficiência Adquirida): transmissão: sangue, esperma e muco vaginal contaminados. Infecção: o vírus penetra no organismo através de relações sexuais, uso de agulhas de injeção contaminadas ou transfusões de sangue infectado; ataca o sistema imunológico. Controle: uso de preservativos (Camisinha-vénus) nas relações sexuais e de agulhas descartáveis ou esterilizadas; controle rigoroso, por parte dos bancos de sangue da qualidade do sangue doado; ainda não existem remédios ou vacinas eficazes contra a doença. Sintomas e características: febre intermitente, diarréia, emagrecimento rápido, inflamação dos gânglios linfáticos, doenças do aparelho respiratório, infecções variadas, câncer de pele (doença mortal em 100% dos casos).


Fonte:
http://members.tripod.com/~eveh/virus.html






[ Pesquisa escolar lida 74325 Vezes - Categoria: Doenças ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Como foi a Gripe Espanhola de 1918
A Gripe Espanhola (1918 - 1919) matou 50 a 100 milhões de pessoas em menos de 2 anos. Entre 1918 e 1919 a epidemia de Gripe Espanhola matou mais pe...
Lido: 10155 Vezes

Sarampo ou Varicela
O Sarampo constitui uma doença febril, extremamente contagiosa, caracterizada por irritação ocular e inflamação do sistema respiratório, com posterior...
Lido: 17571 Vezes

Gripe
Doença altamente contagiosa, transmitida por vírus, que aparece em surtos repentinos e de pouca duração. É uma doença muito semelhante ao resfriado e ...
Lido: 5781 Vezes

O que é a gripe suína - Perguntas e Respostas
O que é a gripe suína? É uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1. Ele é diferente do H1N1 totalmente humano que circu...
Lido: 10617 Vezes

Como se previnir da Gripe A
Todos nós devemos aprender como prevenir a contaminação pelo vírus da nova gripe conhecida como gripe suína, gripe h1n1 e gripe tipo A. Atualmente se ...
Lido: 6456 Vezes

Gripe do Frango
O primeiro estudo feito sobre os casos da gripe do frango na Ásia, publicado em Bangcoc (Tailândia), mostrou que o vírus tem uma fatalidade alta e que...
Lido: 5133 Vezes

Caxumba (Parotidite)
Contágio: Contágio direto ou por objetos contaminados. Sintomas: Inflamações de glândulas salivares (parótidas), podendo atingir os testículos, o...
Lido: 15953 Vezes

Gripe Espanhola foi provocada por um vírus das aves
Em 1917-18, uma estirpe particularmente virulenta de vírus da gripe causou uma pandemia (epidemia mundial) da doença, com efeitos devastadores 50 milh...
Lido: 9634 Vezes

Gripe Espanhola
Gripe Espanhola (1918 - 1919) Matou 50 a 100 milhões de pessoas em menos de 2 anos Entre 1918 e 1919 a epidemia de Gripe Espanhola matou mais pess...
Lido: 11106 Vezes

Hepatite Infecciosa
Contágio: Pela água, alimentos ou objetos contaminados. Sintomas: Icterícia, perda de apetite, febre com ou sem calafrios, dores nas costas, arti...
Lido: 73420 Vezes

Estudantes Online | Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Sendo um veículo de comunicação, não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2014 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados