Estilística

A área de estudo da Língua Portuguesa que se ocupa do estilo da linguagem é chamada de estilística. Sendo assim, as palavras são aplicadas conforme sua finalidade estética, para causar uma emoção especial.

Este efeito que a palavra produz através da estilística é chamado de linguagem afetiva, muito funcional quando o objetivo da mensagem vai além de informar, mas pretende impactar, emocionar, entreter e estimular. Com este intuito, a linguagem é manipulada para complementar as funções narrativas, mostrando sua capacidade superior às limitações da Gramática, normalmente vinculada às regras, sistemas e normas.

A estilística costuma ser percebida por alguns estudiosos como uma utilização deformada da língua, mas o efeito de estilo na linguagem ainda fica muito distante de um erro de gramática, colocando em evidência que não faz muito sentido este tipo de questionamento.

O responsável pela mensagem mostra seu objetivo estilístico com alteração estética da língua para expressar suas intenções, e este movimento é chamado de traço estilístico. Neste caso, pode haver um abandono das regras gramaticais de forma parcial ou por completo, mas isso não significa que o autor desconheça a gramática. Pelo contrário, acredita-se que ele comete as alterações de propósito, para criar o estilo.


Quais são os campos da Estilística?

Estilística Fônica

A sonoridade é importante para o estilo da linguagem.

O bobão do João tem medo de avião!

A aliteração é uma figura que marca o estilo sonoro do texto, criando um ritmo que termina em “ão”.


Estilística Morfológica

Quando a estilística se apoia no formato da palavra, a alteração acontece principalmente na morfologia, com o uso de diminutivos e aumentativos, na maioria das vezes. Veja:

O diminutivo remete a cuidado e carinho. Exemplo:

Você aceita um cafezinho? – Passa a impressão de uma atenção especial para quem está recebendo o café!


Estilística Sintática

São usadas figuras de construção ou de sintaxe para causar um efeito especial estético no texto, como acontece com o uso da anáfora ou da silepse. Veja exemplos:

A equipe chegou animada ao estádio, estavam com todos os equipamentos para encarar o desafio. – Silepse de número

Eu, porque sou frouxo, você acaba folgando. – Anacoluto, uma alteração na lógica sequencial do texto com o intuito de chamar a atenção.


Estilística Semântica

O texto fica muito mais emotivo com o uso dos recursos semânticos para criar um efeito especial, como é o caso da metáfora ou da metonímia. Veja:

O rapaz era apenas um coração partido!

A publicidade utiliza muito a Estilística para chamar a atenção do público através das suas mensagens. A criatividade também é muito importante para criar uma mensagem repleta de efeitos emotivos, que seja inteligente e interessante para seus leitores.

Para isso, são alteradas muitas funções, vícios e figuras de linguagem, para que diversos elementos expressivos ganhem mais destaque na comunicação. Além da linguagem publicitária, a linguagem poética também se apoia bastante nestes artifícios!

Estilística



Por

Compartilhe