Evolução Humana

A evolução humana é reforçada pela teoria evolucionista, na qual os seres humanos foram se aprimorando ao longo do tempo, adquirindo novas habilidades e sofrendo uma série de adaptações que tornaram mais fácil a sobrevivência da espécie.

Essas mudanças na evolução humana aconteceram de maneira muito lenta, saindo desde a sua versão mais simples até chegarmos à forma na qual estamos hoje, dotados de inteligência, com capacidade de manipular a natureza de forma muito eficiente.

A Teoria Evolucionista serve de base para explicar a evolução humana. Ela foi formulada no século 19 por Charles Darwin, um cientista inglês que contrariou a tese do criacionismo, que explica o ser humano como resultado da criação de um poder sobrenatural, como Deus ou um agente superior à espécie.

As pesquisas para explicar a evolução humana com base na ciência, no evolucionismo, vêm sendo aprimoradas ao longo dos anos, sendo amplamente aceitas no mundo acadêmico.

Até chegar ao estágio atual, o ser humano passou por uma série de mudanças ao longo de milhões de anos. Foram necessárias diversas mutações para que os hominídeos ou os Grandes Primatas sobrevivessem aos predadores, às condições climáticas e à busca incessante por alimentos, por exemplo.

Evolução do Macaco ao Humano

Veja: Teoria de Darwin: seleção natural das espécies

As primeiras formas de vida dos seres humanos surgiram há aproximadamente 3,5 milhões de anos, em algumas espécies, que podiam coexistir até que uma fosse extinta, eventualmente.

Evolução humana - Australopiteco


Australopiteco

Os australopitecos eram bastante similares aos seres humanos, com o máximo de 1,4 metros de altura. Eles eram bípedes e possuíam pelos no corpo inteiro. Originários da África, alimentavam-se basicamente de folhas e frutas, sendo capazes de manusear ferramentas.


Evolução humana - Homo Habilis


Homo Habilis

Tendo surgido há aproximadamente 2,5 milhões de anos, é um gênero homo muito importante na história da evolução humana, mas bastante distinto do ser humano atual. Fabricavam ferramentas com pedras, eram bastante habilidosos com as mãos. Tinham estatura um pouco menor do que a dos australopitecos.


Evolução humana - Homo Erectus


Homo Erectus

Na evolução humana, o homo erectus aparece como a evolução do homo habilis, porém com a capacidade de se manter ereto em duas penas, em equilíbrio. Ou seja, aqui acontece uma evolução humana importante: habilidade de manusear ferramentas e a capacidade de se manter em pé, sobre as duas pernas apenas. A espécie teria surgido há cerca de 2 milhões de anos. Outra habilidade muito importante está relacionada a este homo: capacidade de controlar o fogo. Assim, os grupos foram capazes de deixar a África e migrar para outros continentes, ficando espalhados pelo mundo.


Evolução Humana - Homo Neanderthalensis


Homo Neanderthalensis

Este é o nosso ancestral mais próximo, tendo vivido até cerca de 12 mil anos atrás, especialmente na Ásia e Europa. Eram mais fortes e resistentes do que os sapiens, dominavam fogo e armas, eram caçadores muito habilidosos, além de terem uma condição física bastante avantajada.

Viviam em áreas mais frias do planeta, faziam roupas para ficarem aquecidos, viviam em cavernas e se utilizavam de fogueiras para lidar com as temperaturas baixas. Foram extintos, provavelmente, por falta de alimentação carnívora na região em que viviam.


Evolução Humana - Homo Sapiens


Homo Sapiens

Na evolução humana, o homo sapiens aparece como um homem inteligente e muito sábio, com cérebro muito desenvolvido, tendo aparecido há aproximadamente 300 mil anos. Eram capazes de raciocinar, construir, resolver problemas, interpretar e acumular conhecimentos. Na evolução humana, atualmente, somos o homo sapiens sapiens.

Leia: Surgimento do Homo Sapiens


Veja também:

Evolução

Futuro da espécie Humana

Darwinismo Social

Teoria da Biogênese e Criacionismo