O Cerrado é um bioma brasileiro que está localizado, em sua grande concentração, no Centro-Oeste do Brasil. Sendo considerado o segundo maior bioma da América do Sul, possuindo mais de 200 milhões de hectares, é responsável por ocupar mais de 20% da área territorial do país.

Bioma se refere a um tipo de ecossistema que tem suas características próprias, sendo esse fato o que o faz ser diferente de todos os outros. Suas peculiaridades estão na vegetação, na fauna, no clima e nas ocorrências hidrográficas (águas).

É considerada a mais rica savana do mundo, no que diz respeito à biodiversidade.


Localização

O Cerrado brasileiro é extenso e, por esse motivo, abrange diversos estados, como o Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Piauí, Rondônia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins.

O Cerrado ainda consegue abranger outros locais devido a localização das Bacias Hidrográficas que fazem parte do ecossistema: Bacia da Prata, Bacia de São Francisco e Bacia de Tocantins.

A Bacia da Prata fica localizada na região sul da América do Sul, já a Bacia de São Francisco atravessa a região sudeste, nordeste e centro-oeste do país. Por fim, a Bacia de Tocantins fica localizada na região central do Brasil.


Clima e Vegetação

O clima que predomina no Cerrado é o tropical sazonal, que tem como característica um clima quente, com períodos de chuvas e de seca. Seu clima é bem definido, com essas duas estações. Em média, a temperatura anual fica em torno de 22 graus e não há muita ocorrência de vento.

No verão, as chuvas aparecem com muita frequência, principalmente entre os meses de outubro e de março. Mas, em contrapartida, as suas temperaturas são altas, beirando os 40 graus nos dias de maior calor.

Quanto ao seu inverno, o frio e a clima seco tomam conta. Existem poucas chuvas e, nos dias mais frios, a temperatura pode chegar a 10 graus.

Já a vegetação do Cerrado possui muito diversificação e mudam de acordo com a região, já que o Cerrado abrange diversos estados. Sendo formada por arbustos que não chegam a 20 metros de altura, tendo cascas grossas e troncos retorcidos, a gramínea é rasteira e as suas árvores possuem arbustos e raízes profundas, o que ajuda na procura por água nos períodos de maior seca no Cerrado.

Arvore nativa, Cerrado

Sendo uma das mais variadas do mundo, são encontradas mais de 11 mil espécies de plantas naturais do ecossistema. Espécies de abacate, araçá, babaçu, buriti, cana-de-açúcar, eucalipto, jatobá, macaúba, pau-santo e pequizeiro, entre outras, são encontradas no Cerrado.

Leia: A Flora do Cerrado

Mata Cerrado, Cachoeira


Fauna

A fauna encontrada no Cerrado também se mostra bastante diversificada, sendo considerada uma das maiores biodiversidades do mundo, sendo encontradas, até hoje, mais de 2.500 espécies de animais no Cerrado.

Entre os animais mais encontrados, as aves, os peixes e os anfíbios são os que ficam em maiores números. Além desses, estão os insetos, as borboletas e as cobras.

São encontrados no Cerrado os seguintes animais: anta, arara, cachorro-do-mato, capivara, cascavel, cervo, gambá, jiboia, lobo-guará, lontra, macaco-prego, preá, porco-espinho, quati, onça-pintada, tamanduá, tucano, entre outros.

Carcará


Temas Relacionados

Leia também! Assuntos relevantes