O capitalismo é conceituado como um sistema econômico que tem bases no acúmulo do capital e na propriedade privada. Além disso, o capitalismo também prega o controle dos meios de produção e a exploração de mão de obra.


Como surgiu o capitalismo?

O capitalismo começou a se propagar pelo mundo no século XV, durante a mudança da Idade Média para a Idade Moderna. O sistema econômico alterou os padrões de vida das antigas sociedades feudais. Na prática, o capitalismo substituiu o sistema feudal e deu origem à burguesia.

Leia: Transição da Idade Média para Idade Moderna

Muitas mudanças econômicas e sociais acompanharam a chegada do capitalismo nos países. Além do progresso, da industrialização e do lucro, este sistema também gerou diferenças sociais significativas e exploração do proletariado por parte dos detentores do capital.


Origem da palavra capitalismo

A palavra capital vem do latim capitale, que significa "cabeça". Este termo pode ter relação com o sentido racional de comando, imposto pelo capitalismo; ou com o sentido de capital administrativa de um estado ou nação.

O capitalismo é um sistema socioeconômico totalmente baseado nos meios de produção, com destaque para as fábricas, as indústrias e as máquinas. O capital, neste contexto, é o dinheiro que circula nos negócios e na propriedade privada.


Entenda mais sobre o conceito de Capitalismo



A história do capitalismo

O capitalismo foi o sistema econômico que predominou no mundo após o feudalismo. Antes do capitalismo, a riqueza era fruto da exploração da terra e da mão de obra dos servos. Já no capitalismo, nasceu a necessidade de contratar trabalhadores para os meios de produção. Este sistema surgiu sob o comando de burgueses capitalistas.

Leia: Conheça a história do capitalismo


Características do capitalismo:

  • Mercadorias produzidas para a venda;
  • Remuneração pela mão de obra do trabalhador;
  • O dinheiro, ou capital, é a base do capitalismo;
  • A propriedade privada é muito importante.

Veja: As fases do capitalismo


O capitalismo tem algumas fases específicas. Confira:

Capitalismo Comercial – Ganhou força nos séculos XV e XVIII. Ficou conhecido como Mercantilismo.

Capitalismo Industrial – Prevaleceu na época da Revolução Industrial.

Capitalismo Financeiro – Começou depois da segunda guerra. Foi um período marcado pela exportação e pela intensificação dos meios de produção.

Capitalismo Informacional - Capitalismo do Conhecimento.


O capitalismo moderno


capitalismo, números, bolsa

Como sistema econômico e social, o capitalismo passou por várias mudanças ao longo dos anos, desde a Revolução Industrial. Hoje, o sistema tem características importantes, como o termo multinacional e a união de grandes empresas.

O capitalismo permanece tendo como objetivo o lucro e o progresso. O que mudou no capitalismo moderno é que agora existe uma maior preocupação com o bem-estar dos trabalhadores, com a oferta de benefícios que estimulam a motivação e a produtividade. O trabalho assalariado continua sendo fundamental para o capitalismo.

Bolsa de Valores de Nova Iorque

Confira também: Entenda o capitalismo moderno, Tudo sobre Bolsa de Valores, Crise Europeia em 2012, A Grande Depressão: crise econômica de 1929


Aulas sobre Capitalismo - Professor Luis Filipe


+ Sobre Capitalismo

Leia também! Assuntos relevantes