História da Primeira Guerra Mundial

História da Primeira Guerra Mundial

Por

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito armado que envolveu várias nações da Europa. A guerra aconteceu no início do século XX.

O contexto histórico que marcou o conflito tinha países descontentes com a partilha do território da Ásia e da África, que tinha acontecido no final do século XIX. Alemanha e Itália ficaram fora do processo neocolonial, e França e Inglaterra contavam com novas terras para exploração.

Essa realidade colocava França e Inglaterra em vantagem com relação às riquezas e matérias-primas que vinham de suas colônias. Itália e Alemanha ficaram insatisfeitos e iniciaram os primórdios da Grande Guerra Mundial.

Neste período, as nações da Europa viviam uma corrida armamentista e uma disputa comercial intensa. O início da Primeira Guerra Mundial aconteceu depois do assassinato de Francisco Ferdinando, príncipe do império austro-húngaro. Ele foi morto durante uma visita a Saravejo (Bósnia-Herzegovina). O império austro-húngaro ficou indignado com o crime e, no dia 28 de julho de 1914, declarou guerra à Servia.

Os países europeus começaram a fazer alianças políticas e militares. De um lado havia a Tríplice Aliança formada por Itália, Império Austro-Húngaro e Alemanha, e do outro lado estava a Tríplice Entente, com França, Rússia e Reino Unido.

O Brasil também teve participação na Primeira Guerra Mundial. O país apoiou os ingleses e enviou enfermeiros e medicamentos para ajudar a Tríplice Entente nos campos de batalha.

Os conflitos armados da Primeira Guerra Mundial foram intensos e aconteceram em trincheiras. Os combates contaram com novas tecnologias bélicas, como tanques de guerra e aviões.

A guerra só começou a esfriar em 1917, ano em que os Estados Unidos entraram no conflito ao lado de Inglaterra, Rússia e França. Ao perceberem que a Tríplice Entente ficaria muito forte tendo os Estados Unidos como aliados, os países da Aliança assinaram a rendição.

As nações que perderam a guerra tiveram que assinar o Tratado de Versalhes, que contava com restrições e punições aos países. A Alemanha, por exemplo, teve seu exército reduzido e sua indústria bélica controlada.

Os países perdedores também tiveram que abrir mão de territórios. A Primeira Guerra Mundial deixou cerca de 10 milhões de mortos.

Leia também sobre a Segunda Guerra Mundial.

Leia também! Assuntos relevantes