Cultura Romana


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Cultura Romana

A literatura

A literatura latina , segundo os especialistas , apresenta três características : origem helênica , cunho romano e alcance universal.

Devido à impossibilidade de um estudo mais aprofundado , mencionaremos apenas alguns nomes mais significativos , seguidos de algumas informações sobre suas obras .

Lívio Andronico ( século III a.C. ) era um liberto tarentino . Traduziu a Odisséia para o latim e teve a glória de Ter sido o primeiro dramaturgo latino.

Plauto ( 250 – 184 a.C. ) e Terêncio ( 185? – 159 a.C. ) destacaram-se como comediógrafos . Os personagens de Plauto são pessoal comuns e antipáticas , enquanto Terêncio sabia pintar os sentimentos finos e delicados .

Na época de Augusto , destacaram-se Virgílio , Ovídio e Horácio.

Virgílio escreveu As Bucólicas ( poemas pastoris ), As Geórgicas, obra que une poesia , conhecimentos técnico – científico sobre agricultura e sentimento nacional . Quanto à sua obra Eneida ( sobre as origens de Roma ), vale dizer que foi o maior poema da literatura romana .

Ovídio foi o mais fecundo dos poetas latinos .Escreveu as Metamorfoses ( (encicloédia de lendas antigas) e a Arte de Amar (obra considerada pôr alguns como imoral).

Horácio , protegido de Augusto , escreveu as Odes , poemas que versam sobre os mais variados temas . Como epicurista , procurou gozar racionalmente a vida .

Sêneca , Apuleio , Juvenal e Marcial , de épocas posteriores , também merecem ser citados. Marcial, através de poemas curtos ( Epigramas ), revelava desprezo pelo tipo classes abastadas . A visão da cidade de Roma , cheia de vícios , inspirou Juvenal a escrever suas sátiras impregnadas de cinismo e evidenciando a necessidade de reformas morais .


História

Logo depois das Guerras Púnicas , o grego Políbio escreveu a sua notável história , cujo objetivo era "conhecer por que meios e por hábil conduta , Roma submeteu o universo inteiro às suas leis ..."

Nos fins da República , Júlio César escreveu os seus "comentários sobre as guerras das gálias ." Tito Lívio , que viveu na época de Augusto , escreveu uma monumental História Romana em 142 livros ! sua obra tinha um conteúdo moralista e patriótico.

Na época dos flavianos , devemos destacar Flávio Josefo que deixou informações preciosas sobre os tempos de nero , de Vespasiano e de Tito.

No período dos antoninos , destacaram-se Suêtonio e Tácito. Suêtonio escreveu a "Vida dos Doze Césares ", fofocas , memórias e boatos sobre o período de Júlio César a Dominiciano. Tácito escreveu "Anais "e "Histórias ". "Seus julgamentos se distinguem por um subjetivismo , um dramatismo excessivo e um tom moralizador "(Diacov). Adulou os imperadores antoninos e apresentou os primeiros imperadores como monstros sedentos de sangue .


O DIREITO

O Direito Romano foi sendo formulado nos últimos séculos da República, tendo culminado em tempos do império. Após a Lei das XII Tábuas , essa legislação foi modificada por novos fatos e princípios que provinham de diversas fontes : modificações dos costumes , decisões dos pretores ( Juízes ) de Roma , opiniões dos juristas e , sobretudo, edito dos pretores .


O EDITO DO PRETOR

Desde o século IV a.C., os pretores encarregavam-se de administrar a justiça. Ao tomar posse do cargo , o pretor costumava promulgar o edito , no qual indicava as normas e princípios que orientariam sua gestão como Juiz .. Tais editos só regiam por um ano , pois o novo pretor poderia aceitá-lo ou não. Na prática , porém os pretores mantinham os editos dos seus predecessores , fazendo , apenas de vez em quando , modificações ou acréscimos , julgados imprescindíveis .


O EDITO PERPÉTUO

O Imperador Adriano ( séc. II ) mandou redigir o Edito Perpétuo : compilação das mais importantes normas do direito pretoriano. A tarefa foi realizada pelo famoso jurisconsulto Sálvio Juliano , que reuniu tudo o que achou de aproveitável nos editos dos pretores .


OS JURISCONSULTOS

Os estudiosos do Direito eram chamados de jurisconsultos. Tinham a faculdade de dar interpretações da lei , ou opiniões sobre casos em julgamento nos tribunais. Estas respostas a questões jurídicas não possuíam valor oficial , mas gozavam de autoridade e acatamento , em proporção ao prestígio de quem as formulava.

Os mais famosos juriconsultos foram , no século II, Juliano e Gaio; no século III , Papiano , Ulpiano e Modestino.


OS PRETORES

O pretor urbano era o juiz da cidade , que julgava os casos dos cidadãos romanos ; a estes aplicava-se o jus civile . No século III a.C., criou-se o cargo de pretor peregrino , que julgava questões envolvendo pessoas estrangeiras ; aqui , vigorava o Direito das Gentes ( jusgentium).

O Direito Romano dividia-se em três partes :

a.. Jus Civile ( Direito Civil )- Era a lei de Roma e de seus cidadãos , incluindo os costumes e as leis escritas .

b.. Jus Gentium ( Direito dos Povos) – Era a lei comum a todos os homens , sem levar em consideração a sua nacionalidade ; essa legislação autorizava a escravidão, a propriedade privada , os contratos e as transações de compra e venda.

c.. Jus Naturale ( Direito Natural) – Segundo esse direito , todo os homens têm , por natureza , certos direitos que os governos não têm autoridade para negar.

Após a invasão de Roma pelos bárbaros , foram conservadas as principais leis romanas , muitas transmitidas pela tradição. No século VI, o imperador de Constantinopla mandou codificar o Direito Romano. Os Juristas de Justiniano organizaram o Corpo de Direito Civil ( Corpos Júris Civilis ) cuja influência na legislação dos países ocidentais dura até . É o famoso Código de Justiniano.


A RELIGIÃO

A religião romana abrangia o culto familiar e o culto público. A Família romana cultuava seus antepassados .

Os deuses protetores da família eram chamados , lares. Todos os bens da família e todos os alimentos estavam sob a guarda de deuses especiais , os Penates .Esses deuses eram cultuados pela pater , junto à lareira , onde o fogo sagrado da família permanecia sempre aceso. Durante as refeições espalhavam-se alimentos perto do fogo para a proteção das divindades.

Nos túmulos dos mortos eram colocados alimentos para pacificar os deuses Manes e atrair sua proteção. Os romanos eram politeístas , acreditando numa multidão de deuses . Os deuses romanos são emprestados dos gregos , sendo o principal Júpiter, senhor dos deuses.

Havia muitas divindades : Juno , deusa da família ; Marte , deus da guerra ; Vênus, deusa da beleza ; Baco, deus do vinho; Minerva , deusa da sabedoria ; Vesta , deusa do Estado e outras mais .


O CRISTIANISMO

Jesus nasceu em Belém , no reinado de Augusto, sendo morto no reinado de Tibério.

A doutrina cristã alicerça-se na simplicidade , no desapego aos bens materiais , no perdão às ofensas e no amor ao próximo.

"Os principais escritos da etapa inicial foram os evangelhos ( do grego: "boa nova") de São Mateus , São Marcos , São Lucas e São João...Os evangelhos foram complementados com outros escritos : os atos dos Apóstolos, as Epístolas ( 14 de São Paulo, 2 de São Pedro, 3 de São João, 1 de São Tiago e 1 de São Judas) e o apocalipse ( de autoria de São João). Esses escritos formam a 2º parte da Bíblia , chamada Novo Testamento". ( Arruda, José Jobson de A. de História antiga e medieval. São Paulo : Ática , 1979.p.274). (adapt.)

• Os cristãos não aceitavam o imperador como um deus vivo.

• Opunham-se ao militarismo e ao escravismo.

• Praticavam seu culto às escondidas , com a participação de escravos e deserdados .

• Os romanos acabaram encontrando no cristãos um bode expiatório para os males que grassavam no Império , como a escassez de alimentos , pestes e derrotas militares.


Eloquência

Destacam-se os irmãos Graco e Catão – o Censor . Cícero fez discursos contra Verres (Verrinas), contra Marco Antônio e contra Catilina (Catilinárias).


FILOSOFIA

Estóica : resignação aos sofrimentos , espírito submisso ; defesa das virtudes . Dela fizeram parte :Sêneca , Epiteto e Marco Aurélio (o "imperador Filósofo")

Epicurista: despreocupação com o sobrenatural; a felicidade estaria em prazeres espirituais . O principal epicurista foi Lucrécio.Esta filosofia foi mal interpretada por muito , que a deturparam .


MEDICINA

As " Auditorias " foram escolas para o ensino da Medicina . Aurélio Cornélio Celso foi o autor da mais famosa abra latina sobre Medicina , na antigüidade.

Galeno (grego) descreveu músculos e ossos .


ESCULTURA E PINTURA

Eram praticamente cópias e reproduções das obras gregas .

São originais os baixos –relevos e bustos . Poucas pinturas resistiram à ação do tempo , assim como as pinturas dos vasos gregos .


ASTRONOMIA E GEOGRAFIA

Ptolomeu fundou o sistema geocêntrico .

Pomponius Mela acreditava na forma esférica da Terra.


ARQUITETURA

Inicialmente , foi marcada pela influência etrusca , com linhas curvas ,arco redondo, cúpula , abobóda , cloaca máxima (esgoto).

Mais tarde , apesar de manter os seus traços originais , recebeu grande influência grega, o que caracterizou o seu estilo nas suas obras mais significativas. Suas principais construções foram: pontes , aquedutos , estradas , muralhas , termas, arcos de triunfo , teatros , anfiteatros, circos, Arco do Triunfo de Tito , coluna de Trajano.

A basílica romana inspirou a arquitetura das futuras igrejas cristãs.


LITERATURA

A Literatura naquela época era diferente da de hoje mas deixou lembranças pois até hoje citamos nomes como Plauto que se destacava na literatura antiga e hoje é lembrado.

Na história posso destacar as leis que até hoje existem em alguns lugares iguais as passadas. A religião reunia a família , e ainda hoje uma das melhores maneiras de reunir a família é através dela . Além disso muitas das religiões praticadas ainda continuam sendo como essas outras formas de ações antigas outras também além de trazerem lembranças algumas ainda praticamos com algumas semelhanças..


BIBLIOGRAFIA

• Apostila do compacto, Volumes 2 e 4, 2º grau.




Leia também! Assuntos relevantes.

Primeiras Civilizações da América
Muito antes da chegada de Cristovão Colombo a América já era ocupada por vários povos que viviam de várias formas que iam da organização tribal, como ...

Como viviam os escravos no Egito Antigo?
Os escravos do Egito Antigo faziam parte de um grupo reduzido, que se dedicava a diversos tipos de atividades, como artesanato, serviços de casa, trab...

Egito
Aspectos para caracterizar as civilizações: Povoamento, geográfico, político, social, econômico, religião, cultural. Estado Egípcio: Nessa civi...

O Egito Antigo
As origens da civilização egípcia datam de 4.000 anos a.C. A população começou a se concentrar no vale do rio Nilo, formando as primeiras aldeias (nom...

Heliópolis (Egito)
Heliopolis, que em grego significa cidade do sol foi a cidade do antigo Egito destinada ao culto do deus Sol, chamado Ra pelos egípcios. Localizad...

Civilizações da Mesopotâmia
Os povos mesopotâmicos viveram na chamada região Mesopotâmia, que se localizava entre os rios Tigre e Eufrates, no Oriente Médio. Atualmente, a área é...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2015 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados