Guerras Góticas

Por

As guerras góticas aconteceram em diversos períodos da história. O evento mais conhecido se deu entre os anos de 535 a 554. Esses conflitos se dividiram em dois momentos distintos. O primeiro aconteceu entre 535 e 540 e contou com a fragmentação completa do Império Romano do Ocidente. Essa guerra envolveu forças bizantinas contra o Reino Ostrogótico italiano.

A Guerra Gótica também marcou o período de poder de Justiniano I. O imperador queria restaurar o Antigo Império Romano, reconstruindo toda a Península Itálica. Para isso, aconteceram as Guerras da Reconquista, que num contexto político e militar tinha o objetivo de recuperar as unidades romanas.

As Guerras Góticas tiveram diversos conflitos. Os povos envolvidos nesta guerra eram chamados de bárbaros.

Justiniano também queria acabar com a influência ostrogótica nas cidades de Dálmata, Revena e Sicília. Ele usou o comando do general Belizário para estar as forças militares inimigas. Nesse conflito, os romanos aproveitaram a incapacidade do rei italiano, Teodado, para conquistar o território romano.

De uma forma geral, as guerras góticas marcaram vários períodos de guerra entre o Império Romano e os godos. Os principais conflitos foram:

Guerra Gótica (376–382) – grutungos e tervíngios contra o Império Romano do Oriente

Guerra Gótica (402–403) - visigodos contra o Império Romano do Ocidente

Guerra Gótica (535–554) – ostrogodos contra o imperador bizantino Justiniano I

Leia também! Assuntos relevantes