Propriedades Coligativas

Na química, algumas soluções apresentam propriedades coligativas, que nada mais são do que as propriedades físicas que se originam a partir da redução do potencial químico de um solvente em contato com um soluto, o que causa o aumento da temperatura de ebulição e diminuição do ponto de fusão.

Nesse caso, a quantidade de partículas encontradas na solução determina a formação das propriedades coligativas.

Existem quatro tipos de efeitos coligativos. São eles:

  • Tonoscopia: diminuição da pressão de vapor.
  • Ebulioscopia: aumento da temperatura de ebulição.
  • Crioscopia: abaixamento da temperatura de fusão, ou diminuição do ponto de congelamento.
  • Efeito Osmótico: pressão osmótica. Ocorre quando duas soluções do mesmo solvente são divididas e geram soluções de mesma concentração.

As propriedades coligativas dependem da diminuição do potencial químico do líquido solvente, o que pode provocar aumento da temperatura e estado de equilíbrio entre líquido-vapor, ou diminuição da temperatura e estado de equilíbrio entre sólido-líquido.

Várias são as mudanças que podem interferir no comportamento do líquido. Sabemos que as propriedades coligativas surgem a partir da presença de um soluto não-volátil e de um solvente, e que a ocorrência das propriedades coligativas varia de acordo com a quantidade de partículas na solução.

Aprenda Mais - Aula do Professor Rodrigo:

Mapa Mental sobre as Propriedades Coligativas:
Mapa mental da Propriedades Coligativas
Crédito da imagem: Descomplica



Propriedades Coligativas

Por

Compartilhe