Herança Genética

A herança genética está diretamente ligada aos genes que estão localizados nos cromossomos. Durante a divisão de uma pilha, o cromossomo fica separado em duas partes distintas. Este processo pode ser observado na meiose dos espermatozoides, por exemplo.

Assim, os genes ficam divididos em duas metades idênticas conhecidas como alelos. Quando o espermatozoide entra em contato com os óvulos, os genes que estavam divididos voltam a formar pares, mas, desta vez, com outras combinações, realmente diferentes. Dessa forma, um alelo vem diretamente do pai, enquanto o outro é da mãe. Se um dos genes estiver com defeito, os filhos do casal podem ter desordens genéticas.

Nos humanos, os cromossomos estão presentes da seguinte maneira: em 23 pares. Destes, 22 pares são iguais em homens e mulheres. Estes são conhecidos como autossomos.

Os outros dois cromossomos são conhecidos como sexuais, são eles X e Y, sendo que mulheres possuem os cromossomos XX e homens XY. Os gametas femininos são sempre classificados em X durante a meiose, ou seja XX são divididos ao meio, uma das partes sempre será X.

Já os homens são capazes de gerar, na meiose, X e Y. A classificação é a seguinte: as mulheres são chamadas de sexo homogamético, enquanto os homens são chamados de heterogaméticos.

O cromossomo X possui um gene localizado na região homóloga ao cromossomo Y que pode ser responsável pela herança genética do daltonismo, a incapacidade de distinguir as cores vermelhas e verdes. A classificação ocorre da seguinte maneira: D – pessoas com visão normal e d – pessoas com daltonismo.

Genes Humanos

Ainda sobre esta herança genética, pode-se concluir o seguinte:

  • XD XD – Mulheres com visão normal;
  • XD Xd – Mulheres com visão normal;
  • Xd Xd – Mulheres com daltonismo;
  • XD Y – Homens com visão normal;
  • Xd Y – Homens com daltonismo.

Nota-se que o daltonismo é uma herança genética ligada ao cromossomo X. Por isso, é mais comum que homens sejam daltônicos. O mesmo acontece com a hemofilia, que é um problema de saúde hereditário, que causa distúrbios na coagulação do sangue. A produção correta e regular do Fator VIII é determinada pelo gene H, vinculado ao cromossomo X. O alelo h está vinculado à deficiência dessa substância.

A transmissão de pai para filhos acontece com os genes holândricos, que ficam no cromossomo Y, na área em que não há homologia com X. O SRY, por exemplo, é o gene responsável por desenvolver os testículos em mamíferos, incluindo os humanos.

A calvície, por exemplo, também seria causada por herança genética do gene C, presente apenas em homens, sendo considerado recessivo em mulheres. Neste caso, para ficarem com calvície, as mulheres precisam de 2 genes C, enquanto os homens precisam apenas de 1 gene C.


Veja mais:

As leis gerais da hereditariedade

Projeto Genoma Humano

Estrutura e Duplicação do DNA

Engenharia Genética

Síndrome de Deleção e Duplicação do Cromossomo

Leia também! Assuntos relevantes