Cada vez mais, se discute a possibilidade de implantação e ampliação das fontes de energia limpa, como, por exemplo, a energia eólica, gerada a partir da força dos ventos. A tecnologia aparece como uma ótima alternativa de transformação da energia cinética em energia elétrica.

Nós, humanos, já usamos a energia eólica em diversas outras situações, antes de transformá-la em energia elétrica:

  • Os barcos à vela são conduzidos pela força dos ventos;
  • Os moinhos de vento transformam grãos em farinha a partir da energia eólica;
  • A água pode ser bombeada com o mesmo tipo de energia.

Segundo a ONU, a energia eólica é um Mecanismo de Desenvolvimento Limpo – MDL. Sua aplicação é capaz de reduzir os impactos ambientais, justamente porque é uma fonte de energia renovável.


Como é gerada a energia eólica?

A geração da energia eólica acontece por meio de aerogeradores, que são turbinas imensas que se parecem com moinhos. A instalação dos geradores é feita em regiões específicas, ondes os ventos predominam.

A função destes equipamentos é transformar energia cinética em energia elétrica. Em alguns casos, a transformação pode ser em energia mecânica.

Se não houver vento, os geradores param de funcionar, assim como ventanias muito fortes podem danificar os equipamentos.

No Brasil, a energia eólica começou a se explorada comercialmente no início da década de 1990. Atualmente, nosso país ocupa a liderança na América do
Sul na produção de outras formas de energia a partir da fonte obtida pelos ventos.

Energia Eólica nos anos 90

São mais de 280 usinas de energia eólica em atividade no país, gerando diariamente mais de 2,8 megawatts, capazes de atender mais de 12 milhões de pessoas.


A energia eólica é muito importante na matriz energética do nosso país?

A expectativa das autoridades é de que, no futuro próximo, até 2023, a energia eólica represente 11% da matriz energética brasileira. Por enquanto, o índice chega perto dos 4%.


Quais são os maiores produtores de energia eólica do Brasil?

São eles, do primeiro para o último:

  • Rio Grande do Norte;
  • Bahia;
  • Ceará;
  • Rio Grande do Sul;
  • Piauí;
  • Pernambuco;
  • Santa Catarina.

Energia Eólica hoje

Você sabia que a energia eólica pode ser instalada na sua casa?

A energia eólica residencial tem se tornado uma ótima solução para condomínios residenciais e comerciais, já que uma turbina é capaz de abastecer centenas de residências.

Entre suas vantagens, é possível citar a não geração de resíduos ou emissão de gases poluentes. Além disso, o vento é uma fonte inesgotável, entre outras vantagens.

Pode ser usada também na agricultura e na pecuária, reduzindo a dependência de outras fontes de energia elétrica. Em longo prazo, mostra-se como uma fonte de energia com ótimo custo x benefício.

A instalação dos geradores também é rápida, pode ser feita em menos de 6 meses. Porém, os lugares que recebem os equipamentos podem sofrer alguns efeitos negativos, como a redução da migração de aves e a alteração no visual, além da poluição sonora.