Existem vários tipos de recursos naturais utilizados na geração de energia. Entre eles, está o carvão mineral, um combustível fóssil, que é formado pelos restos de plantas que se acumulam no Planeta.

São necessários milhões de anos para o carvão mineral se formar. Este recurso é muito usado na área industrial.


Como surge o carvão mineral?

O carvão mineral se forma com a decomposição de vegetais. Os restos de plantas se acumulam nos fundos lodosos da Terra e, milhões de anos depois, sob pressão e calor, as jazidas de carvão ficam formadas, na forma de rocha. A encarbonização, como é chamado o processo, precisa de requisitos geológicos e ecológicos para acontecer.

O carvão mineral tem em sua fórmula hidrogênio e carbono, sendo formado por hidrocarbonetos. Dependendo de quantas moléculas de carbono existem em sua fórmula, temos tipos diferentes de carvão.

Pedras de Carvão Mineral

O carvão mineral mais puro é aquele que tem mais carbono e, consequentemente, é uma fonte maior de energia. Confira outros tipos de carvão mineral:

  • Hulha – Este é um tipo de carvão mineral formado por água, minerais e elementos voláteis. Tem aproximadamente 80% de carbono em sua composição. Formado por restos vegetais, seu uso é feito como redutor de óxidos de ferro, também sendo muito aplicado nas indústrias por causa de seu teor de impurezas, usadas na composição de outras substâncias químicas. Seu uso é feito em indústrias mais tecnológicas, como, por exemplo, para a produção de coque ou carvão betuminoso.
  • Turfa – Sua formação é feita por raízes e galhos com ótimo índice de conservação, em restos vegetais que compõem camadas. Demora menos tempo para ficar pronto, seu processo de formação do carvão se encontra no estágio inicial. Tem menos carbono do que os outros tipos de carvão mineral, é inflamável, mas seu uso é feito para isolamento e absorção de hidrocarbonetos, também em trabalhos no setor petroleiro.
  • Linhito – No processo de formação de carvão mineral, este tipo ocupa o segundo lugar. Tem um teor mediano de carbono, é formado por massa vegetal escurecida. Seu uso é feito em larga escala no setor siderúrgico.
  • Antracito – É o carvão mineral com maior quantidade de carbono. Tem um brilho característico, além de uma cor preta mais intensa. Tem um poder elevado de geração de energia, produz um nível pequeno de fuligem e poucos elementos voláteis, mas seu preço é mais elevado.

Mina de extração de Carvão Mineral

Pontos negativos do carvão mineral

A extração do carvão acontece em minas de carvão mineral que, muitas vezes, são perigosas. Sua retirada também agride o meio ambiente, além de colocar os funcionários das minas em risco.

A combustão do carvão mineral emite gases poluentes, tais como chumbo e mercúrio, além de produzir resíduos tóxicos. A poluição térmica de caldeiras também é uma desvantagem do carvão mineral.


Veja também:

Efeito Estufa

Combustíveis