Teoria da Abiogénese


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Teoria da Abiogénese

A teoria da Abiogénese foi posta em causa pelo físico italiano Francesco Redi, no séc. XVII (1668) e pelo cientista italiano Lazzaro Spallanzani no séc. XVIII (1776), que propuseram a teoria da Biogénese, que dizia que qualquer forma de vida só podia provir de outra pré-existente, tendo esta sido aceite e defendida por nomes ilustres, como Descartes, Newton, William Harvey e Van Helmont e mantido a sua grande aceitação até meados do séc. XIX. Só em 1862, quando o químico Francês Lois Pasteur realizou experiências que provaram a não existência de geração espontânea é que a Teoria da Abiogénese foi ultrapassada a favor da Teoria da Biogénese defendida por Redi.

Pasteur mostrou que o ar é uma fonte de microorganismos. Trabalhou com balões esterilizados onde colocou um caldo nutritivo. Posteriormente, aqueceu o gargalo do balão, dando-lhe várias curvaturas. Ferveu então o liquido nutritivo. Ao arrefecer, os vapores de água condensaram-se nas curvaturas do balão em pescoço de cisne, impedindo a entrada de poeiras e micróbios. Verificou depois que nos balões não aparecia vida. Partiu então os tubos de alguns balões e verificou que passadas 24 horas o caldo nutritivo estava coberto de germes, enquanto que nos balões intactos continuava a não aparecer vida.

Com esta experiência foi definitivamente "imposta" a teoria da biogénese e deitadas por terra as criticas que os defensores da abiogénese faziam, dizendo que ao ferver o caldo nutritivo, o seu princípio activo era destruído."

Fonte:
http://www.geocities.com/TimesSquare/Fortress/7845/biog.html





Saiba mais

Buscas relacionadas a Teoria da Abiogénese em Biologia.


[ Pesquisa escolar lida 81431 Vezes - Categoria: Biologia ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Corrosão
Chama-se corrosão um conjunto de fenômenos de deterioração progressiva do metais em consequência de reações químicas ou eletroquímicas entre o metal e...
Lido: 23037 Vezes

Dicas de como estudar
Se você é desses que se deixam interromper por qualquer motivo pode estar certo que aí está a causa de seus problemas escolares. Nada atrapalha mais o...
Lido: 11423 Vezes

São Paulo no Império
O fim da Colônia se antecipa, no próprio período colonial, com a chegada da família real portuguesa ao Brasil em 1808, fugindo ao avanço das tropas na...
Lido: 7102 Vezes

Histologia Vegetal
A organização do corpo dos vegetais é bem diferente da organização do corpo dos animais. A maior parte dessas diferenças é uma adaptação ao modo autot...
Lido: 83376 Vezes

Determinação dos pontos de fusão e ebulição
O ponto de fusão: O ponto de fusão depende das forças existentes entre as moléculas (ou entre íons, no caso de cristais iônicos) da substância sólida...
Lido: 61388 Vezes

A história da eleição
O Brasil, por ser um país jovem, possui uma história bastante recente. Desde o século XVI são feitas eleições em nosso país, mas nem sempre as regras ...
Lido: 6633 Vezes

IDH no Brasil e no Mundo
O IDH é o Índice de Desenvolvimento Humano. Essa é uma medida que compara o crescimento humano de um país e os separa entre países desenvolvidos, em d...
Lido: 6995 Vezes

Descobrimento da América
Descobrimento da América Espanha 12/10/1492 Sexta-feira Era o dia 03 de agosto de 1492 (Sexta-feira) e Colombo levantava âncora de Palos em direçã...
Lido: 39041 Vezes

Socialismo
O sonho de uma sociedade igualitária, na qual todos tenham franco acesso à distribuição e à produção de riquezas, alimenta os ideais socialistas desde...
Lido: 49574 Vezes

A Bomba de Hiroshima
Hiroshima, 6 de Agosto de 1945, 8H15 Do Enola Gay é lançada sobre Hiroshima uma bomba atômica a que chamaram “Little Boy”. Dezenas de milhar de pesso...
Lido: 16511 Vezes

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
Paixão e Amor
Curiosidades
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.