revolucao-chinesa Revolução Chinesa - História - Grupo Escolar

Revolução Chinesa

Revolução Chinesa

Por

Entre os anos de 1949 e 1962 acontecia a Revolução Chinesa, um dos maiores acontecimentos históricos do país e que teve como motivação a luta do povo chinês pela independência nacional e também, a luta dos camponeses por terras.

Neste período os comunistas estavam no poder com uma China em frangalhos devido aos longos anos que lutou contra a dominação japonesa e a longa Guerra Civil. Nesta época a população passava fome e nos campos, os camponeses não possuíam sequer sementes para plantarem.

Foi então que surgiu Mao Tsé-Tung, um líder chinês que implantou a reforma agrária, dividindo terras e passando para camponeses, dando início a cooperativas que suplantavam as grandes propriedades. Outro ponto importante foi o apoio da União Soviética o que trouxe mudanças significativas ao país, como por exemplo: abolição do casamento, emancipação da mulher, igualdade entre os sexos, entre outras.

Essas mudanças tinham apenas um objetivo, o aumento da produção do país. No campo industrial houve um aumento nas horas de trabalho, como também no campo, além de serem enviados reforços de todos os tipos, desde mão de obra até intelectuais, para manter a produção em um ritmo acelerado. A terra foi estatizada e dividida, criando assim pequenas comunidades populares e independentes que tinham total liberdade, porém, esse grande salto se mostrou um fracasso devido à insatisfação dos camponeses, mediante as quedas da colheita e a fome, que gerava revolta e descontentamento.

No ano de 1966 uma revolução cultural teve início resultando em novos rumos na revolução chinesa. O partido comunista estava dividido e ainda contava com uma forte oposição, contudo, mesmo assim Mao continuava no poder, apesar de que, segundo registros, foi o próprio Mao que deu propicio o início da revolução cultural, uma maneira de mobilizar a população pensante e formadora de opinião do país.

Com isso foi criada pelos jovens do país a guarda vermelha que, juntamente com alguns comitês ameaçavam as autoridades do país, ou seja, mais violência e força sendo utilizada, por exemplo, neste período templos religiosos foram destruídos, livros confiscados e enquanto isso, Mao ia ficando cada vez mais forte.

Com o falecimento de Mao Tsé-Tung em 1976, os moderados regressaram ao poder, o sucessor de Mao, Deng Xião-Ping permitiu a entrada da tecnologia e do capital estrangeiro no país e ainda adotou uma política econômica e desenvolvimentista.

Leia também! Assuntos relevantes