Realismo - Naturalismo

Realismo - Naturalismo

Por

O Realismo-Naturalismo foi uma escola literária que substituiu o romantismo na metade do século 20. No Brasil, o movimento ganhou força em 1881, após a publicação de “Memória Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis; e “O Mulato”, de Aluísio Azevedo.

O Realismo brasileiro apresenta uma forma de investigação psicológica e indagações sobre a existência humana. Essas características também fazem parte das obras “Dom Casmurro”, “Esaú e Jacó” e “Memorial de Aires”.

No caso do Naturalismo brasileiro, o autor de maior destaque foi Aluísio Azevedo, autor de “O Mulato” e “O Cortiço”. Essas obras apresentam um caráter investigativo sobre os comportamentos sociais.

Podemos destacar que enquanto o Romantismo valorizava o sentimento, o Realismo buscava um julgamento de caráter, uma crítica.

O Realismo refletia o Positivismo, o Socialismo e o Evolucionismo de maneira direta, focando a análise psicológica e contemporânea do comportamento dos personagens. Já o Romance naturalista é marcado pela análise social de grupos humanos marginalizados.

Principais Autores: Machado de Assis, Raul Pompéia, Aluízio de Azevedo, Júlio Ribeiro, Adolfo Caminha.

Leia também! Assuntos relevantes