Literatura da Região Sudeste

Literatura da Região Sudeste

Por

A região sudeste do Brasil tem um histórico de grandes escritores e importantes obras literárias. Nessa região do país aconteceu o fortalecimento do barroco brasileiro, nos séculos XVII e XVII, e a expansão do arcadismo no século XVIII. O principal Estado da região para estes movimentos da literatura foi Minas Gerais.

Por volta de 1836, o sudeste brasileiro também viveu o Romantismo, com uma temática indianista e nomes importantes como José de Alencar, que nasceu em Fortaleza, mas estudou na Universidade de São Paulo. O realismo também teve um nome forte no sudeste, o escritor Machado de Assis, nascido no Rio de Janeiro e autor de obras fantásticas como Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas.

O sudeste do Brasil também foi palco da Semana de Arte Moderna de 1922, que abriu novos caminhos para a literatura do país, lançando nomes como Oswald de Andrade e Carlos Drummond de Andrade.

Na atualidade, o escritor Paulo Coelho, nascido no Rio de Janeiro, é o brasileiro mais famoso do mundo no universo literário, tendo batido recordes de sucesso comercial com seus livros O Alquimista, O Diário de um Mago e Onze Minutos. Outros autores contemporâneos importantes da região sudeste são: Rubem Fonseca, de Minas Gerais; e Ignácio de Loyola Brandão, de São Paulo.

Algumas obras importantes e marcantes da literatura brasileira foram criadas na região sudeste, como a extensa obra de Monteiro Lobato (O Sítio do Pica-pau Amarelo e Cidades Mortas) e os livros de Machado de Assis.

Leia também! Assuntos relevantes