Composição Corporal Humana

Composição Corporal Humana

Por

Na biologia, estudamos a composição do corpo humano. Nosso organismo é dotado de extrema complexidade, processos vitais bem definidos, órgãos, músculos, tecidos e ossos que trabalham em perfeita sintonia. De uma forma geral, a composição corporal humana tem: tecido adiposo, ossos, músculos, sangue, órgãos e outros elementos que, no fim, nos conferem o valor da massa total ou peso corporal.

No corpo humano, cada tecido tem uma função; cada órgão funciona no seu ritmo, cada músculo tem sua composição de água, proteínas e carboidratos. O organismo também é formado por massa adiposa, ou seja, basicamente gordura, como o tecido adiposo subcutâneo e a gordura visceral, por exemplo.

Na avaliação da composição corporal de uma pessoa, é importante levar em conta todos os componentes que formam o corpo. Com um acompanhamento nutricional, é possível determinar metas de composição corporal.

Para avaliar a composição corporal, os médicos podem usar a medição das dobras cutâneas, da circunferência e do diâmetro dos ossos. Com isso, chega-se a dados da bioimpedância, estimativa da gordura e da água presentes no corpo. Também é possível determinar o volume e a densidade corporal com equipamentos e exames específicos, que envolvem alta tecnologia.

Na composição corporal humana, avaliam-se a gordura corporal, massa adiposa, massa muscular, massa óssea, água e massa residual. Com a análise da composição corporal, conseguimos estabelecer dietas alimentares nutritivas e saudáveis.

A composição corporal também estuda os componentes químicos do corpo, como as proteínas, gordura, glicogênio, vitaminas e minerais. Podemos avaliar a composição do corpo por meio do Índice de Massa Corporal (IMC) e da Relação Cintura Quadril (RCQ). É muito importante procurar um médico ou nutricionista para realizar esse tipo de avaliação e, posteriormente, adotar um acompanhamento alimentar.

Leia também! Assuntos relevantes