Modos de Produção do Capitalismo

Os modos de produção do capitalismo estão ligados aos modelos e processos necessários para a produção de riqueza e a como o capitalismo se organizou no passado e se articula atualmente para a geração de bens de consumo, produtos e serviços de maneira geral. São diversos os modelos de produção capitalistas, os quais veremos a seguir.


Modos de produção capitalista com práticas escravistas

O modo de produção capitalista já foi escravista, onde senhores de importância política e capacidade financeira comandavam negros africanos, em sua maioria, que eram destinados a trabalhar em troca somente de alimento, sem liberdade.

Os escravos não tinham direitos e eram responsáveis pelo cultivo de diversos produtos agrícolas no Brasil. A escravidão também foi o modo de produção capitalista em outros lugares do mundo.


Modos de produção do capitalismo segundo o modelo asiático

Os modelos de produção capitalista também foram organizados através da hierarquia, onde o mais forte tomava sua parte do mais fraco. Assim, camponeses exploravam escravos; e o governo central tomava a riqueza dos camponeses. Isso foi muito comum na África, Egito, China e Índia.


Feudalismo

O feudalismo também foi um modo de produção capitalista, onde senhores mantinham seus servos em suas terras, enquanto estes trabalhavam e recebiam comida e moradia.

Leia: Feudalismo


Capitalismo clássico

Os modos de produção do capitalismo clássico ocorrem com a relação entre a burguesia e a classe trabalhadora, chamada também de assalariada. O trabalho é feito para obter o lucro.

O capitalismo pode ser classificado como comercial, industrial e financeiro. Neste último, os bancos exploram a atividade econômica com a liberação de crédito e financiamentos.


Nestes modos de produção capitalistas, algumas formas de pagamento existem para validar a transação, como:

  • Dinheiro
  • Cheque
  • Promissórias
  • Cartão de crédito
  • Moeda virtual

O capitalismo gera riquezas e também desigualdade social, uma vez que os proprietários acumulam bens e dinheiro, enquanto a classe trabalhadora vive apenas de seu salário.

Dinheiro, Ilustração


Capitalismo Selvagem

Uma forma de classificação bastante popular é o “capitalismo selvagem”, onde as regras de competição entre empresas são praticamente inexistentes, e o capitalismo é regido por uma ética própria, onde o mais forte é o vencedor.

Este modo de produção capitalista foi muito comum no início, quando havia pouca concorrência e quase nenhuma regulação do Estado para com as empresas. Os modos de produção do capitalismo também recebem outros nomes por causa de modelos diferentes, considerados atuais.


Empresas que atuam em “trustes”

Os “trustes” são formados por grandes grupos capitalistas que podem controlar alguns setores da economia, atuando em todas as etapas de produção de uma empresa alimentícia, farmacêutica, têxtil, entre outras.

Neste modo de produção capitalista, os “trustes” são responsáveis pela matéria-prima até o produto-final, distribuindo os produtos para os clientes.


Formação de cartéis

Os cartéis, proibidos em praticamente todos os lugares do mundo, são formados por empresas que acordam preços para evitar a concorrência e eliminar competidores. Normalmente, as companhias que atuam em cartéis trabalham com o mesmo preço. O maior prejudicado por este modo de produção capitalista são os próprios clientes.


Empresas que formam “holdings”

As “holdings” são formadas por empresas que administram grandes grupos empresariais, controlando diversas empresas e atuando sobre um grande número de empregados. Normalmente, uma holding concentra empresas de vários setores diferentes.


Veja também:

Capitalismo