Intolerância Religiosa

Intolerância religiosa, é a situação onde um indivíduo, ou um grupo de pessoas, não aceita(m) que determinada(s) pessoa(s) seja(m) praticante(s) de algum tipo de fé / religião, e então o(s) oprime(m) por meio de mecanismos sociais, com preconceito, comportamentos negativos e violência.

Veja como funciona a intolerância religiosa, e a origem desse problema tão triste no Brasil e no mundo.


O que é a Intolerância Religiosa?

A intolerância religiosa é uma forma de preconceito expresso por meio de ações contra alguma pessoa, ou grupo de pessoas, que não tem a sua opção de escolha religiosa respeitada. Ou seja, determinada(s) pessoa(s) que não se identifica(m) com determinada religião, ao invés de apenas seguir o seu viés de crença, e não ter contato com essa religião, por opção, acaba por oprimir a quem escolheu. A opressão religiosa geralmente vem por meio da prática de bullying e violência física e psicológica.


Perseguição Religiosa Histórica

A intolerância religiosa não é algo de hoje em dia, ela é um problema muito antigo na história do Brasil e do mundo, tornando a liberdade de expressão algo difícil de ser concretizado com êxito por todas as pessoas. Essa “herança” preconceituosa se estende desde a época da antiguidade.

Na Idade Média e Moderna a Intolerância Religiosa ainda era presente, indo desde antes o Fim do Império Romano até meados do Século XIV, onde na Península Ibérica muitas pessoas eram submetidas a conversões forçadas, onde deviam dizer que acreditavam na fé da maioria e seguir os dogmas da igreja, sendo proibidos de cultuar o que verdadeiramente acreditavam.


Na Idade Contemporânea a Intolerância Religiosa se apresentou com muito mais força tomando proporções antes inimagináveis, quando os Nazistas perseguiram, maltratam e mataram milhões de judeus inocentes, apenas porque acreditavam em uma fé que não era louvada pela maioria. Essa perseguição se tornou um marco extremamente triste na história da humanidade, conhecido como Holocausto. A perseguição devido a Intolerância Religiosa seguiu ainda adiante com a União Soviética, que proibia expressamente diversas religiões ao culto e adoração, devido o estado de jurisdição ateísta da região.

Leia: Por que o Hitler odiava os Judeus?


Intolerância Religiosa é crime!

A Intolerância Religiosa é crime expressamente proibido em lei, desde 27 de Dezembro de 2007, contando ainda com a celebração do “Dia Nacional do Combate à Intolerância Religiosa” que acontece no dia 21 de Janeiro. No Brasil a Lei que proíbe a manifestação de Intolerância Religiosa é a Lei Federal 7716, alterada pela lei 9459, por meio do Artigo 208 do Código Penal.

O caminho para lidar com a intolerância religiosa, é o conhecimento e o respeito ao próximo. Da mesma forma que existem coisas dotadas de significado para você, existe as que outras pessoas dotaram de significado para si, e esses ideais devem ser respeitados e tolerados sempre, dando a todos a oportunidade de liberdade de expressão, sem ferir ninguém com a sua linha de pensamento.

Veja também:

Inquisição

Cultura e civilização medieval

A Questão Palestina

Estado Absolutista