No Brasil o voto é obrigatório para maiores de 18 anos.

No Brasil, o voto é obrigatório para maiores de 18 anos. O regime político brasileiro está fundamentado na democracia, tipo de governo em que o povo escolhe seus governantes. Votar é exercer a cidadania e fazer valer seus direitos. Por isso, é muito importante que todo cidadão compareça aos processos eleitorais realizados no país.

O Sistema Eleitoral brasileiro utiliza duas modalidades de voto: a majoritária e a proporcional. A eleição majoritária escolhe o presidente da República, os governadores e os prefeitos. Nesse tipo de eleição o candidato deve alcançar a maioria absoluta dos votos para ser eleito.

Já a eleição proporcional determina os representantes da Câmara dos Deputados e Câmara dos Vereadores. Esse Sistema Eleitoral prevê a análise das siglas partidárias, as coligações dos partidos e o coeficiente eleitoral. Nesse tipo de votação, cada partido obtém um número de vagas proporcionais à soma dos votos de todos os candidatos.

Para votar, o eleitor deve comparecer a sua zona e sessão eleitoral no dia do pleito eleitoral, portando o título de eleitor e um documento de identidade com voto. Na sala de votação, o eleitor brasileiro vai encontrar a urna eletrônica. Normalmente, é preciso enfrentar uma fila para chegar à urna eletrônica. Antes de votar, o eleitor assina o livro de presença e recebe do fiscal seu comprovante de voto, que deve ser bem guardado.

O teclado da urna eletrônica é como um teclado de um telefone. Lá, temos três teclas com cores diferentes:

  • Branco (cor branca) – para votar em branco;
  • CORRIGE (cor laranja) – para corrigir e recomeçar em caso de erro;
  • CONFIRMA (cor verde) – para confirmar o voto.

Para votar, o eleitor vai até o mesário, se identifica apresentando o título de eleitor, digital ou a cédula de identidade. Em seguida, o mesário digita o número do título de eleitor, habilita o eleitor a votar e libera a votação.

Já na urna eletrônica, o eleitor deve digitar os números dos candidatos escolhidos na ordem certa. Na tela, aparecerão o número, o nome, a foto e o partido do candidato. É preciso ficar atento à foto e ao número do candidato que aparecem na tela da urna eletrônica para não cometer erros. É possível levar uma cola com os números para olhar no momento da votação. O eleitor confere os dados e aperta a tecla "CONFIRMA" (verde).

Ao concluir com êxito a votação, aparecerá na tela a palavra "FIM". Por fim, o eleitor recebe do mesário seu título de eleitor e o comprovante de votação.

Numa eleição é possível votar na legenda, digitando apenas o número do partido; votar em branco; e votar nulo quando o eleitor digita e confirma um número de candidato inexistente.

Urna eletrônica do Brasil

Para justificar o voto

No caso dos eleitores que estiverem fora de seu domicílio eleitoral no dia da eleição, será obrigatória a justificativa da ausência. Isso deve ser feito por meio do formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que precisa ser devidamente preenchido e entregue no dia da votação em qualquer colégio eleitoral.

O formulário pode ser obtido gratuitamente nos cartórios eleitorais, nos postos de atendimento ao eleitor, no site do TSE e no site dos tribunais regionais eleitorais. Geralmente, as escolas já têm postos de justificativa para facilitar a vida do eleitor.

Para justificar o voto no dia da eleição, basta que o eleitor apresente o título eleitoral, um documento oficial de identificação com foto e o Requerimento de Justificativa Eleitoral devidamente preenchido. Se o eleitor não entregar a justificativa no dia da votação, ele deve apresentá-la em até 60 dias após cada turno do processo eleitoral.


Para acessar os formulários de requerimento de justificativa eleitoral (RJE) basta escolher uma das opções abaixo:


Formulário do Requerimento de Justificativa Eleitoral - dia da eleição

Formulário do Requerimento de Justificativa Eleitoral – Pós-eleição

Formulário de Preenchimento on-line do Requerimento de Justificativa Eleitoral


Mais informações de justificativa eleitoral no site oficial:

Tse.jus.br


Veja também:

Lei da Ficha limpa

Política

Parlamento Brasileiro

Instituição do Direito e Voto da Mulher (3 de Novembro)

A História da Eleição Brasileira

Leia também! Assuntos relevantes