Citologia

Citologia é o ramo da biologia que faz o estudo das estruturas das células. Célula é a menor unidade estrutural dos seres vivos, sejam animais ou vegetais. A palavra é formada pelo termo grego kytos, significa célula e o termo logo, que significa estudo. Seu foco principal é a compreensão das organelas, suas funções e as estruturas celulares.

Já a biologia, é um campo bem maior de estudo, que se organizou em níveis representativos suas áreas, assim constituídas:

Todos os seres vivos possuem minimamente uma célula, quando unicelulares ou mais, quando pluricelulares. As células podem ser definidas como a menor porção de um ser vivo e são divididas em dois tipos: procarióticas e eucarióticas.


Citologia: como tudo começou

Robert Hooke

Em 1590, o físico Robert Hooke começou a observar plantas e pequenos objetos em seu microscópio - enquanto tentava aperfeiçoa-lo para que a visualização ampliada melhorasse. Em 1665, ao examinar um pedaço de cortiça, a célula foi vista pela primeira vez e assim, descoberta. A palavra célula é derivada de Cellula, do latim, que significa pequeno compartimento.

Nesta primeira visualização, Hooke encontrou a célula e identificou suas paredes, sem outros componentes, já que sua análise foi em células mortas. Após esta primeira descoberta, muitos estudos seguiram, em especial observando células de seres vivos.

Theodor Schwann e Matthias Schleiden


Estes pesquisadores são os responsáveis pelo estabelecimento dos fundamentos da citologia. Schwann (1810-1882) e Schleiden (1804-1881) realizaram diversos estudos independentes e concluíram que todos os seres vivos eram formados por células. A partir daí, suas estruturas começaram a ser estudadas também e fundamentou-se a base da teoria celular.

Rudolph Virchow


Virchow (1821-1902) concluiu em suas pesquisas que uma célula somente poderia se originar de outra. Com sua descoberta, uma frase proferida por ele foi eternizada: “Omnis cellula ex cellula”, ou seja, toda célula se origina de outra célula.


Teoria Celular


Schwann, Schleiden e Virchow através de seus estudos, deram origem aos quatro pilares que perduram até os dias de hoje na Teoria Celular. Os fundamentos são os seguintes:

  • As estruturas celulares fazem parte de todos os seres vivos
  • Novas células são formadas a partir da divisão celular
  • A célula é a menor unidade de um ser vivo
  • Dentro da célula ocorrem reações químicas e atividades químicas essenciais para a vida


Tipos de células


representacao celulas

Eucariontes ou Eucariotas

Estas células tem estrutura complexa: possuem carioteca, a membrana que delimita o núcleo da célula, mantendo seu material genético separado do restante da célula.

Os organismos que pertencem aos reinos Animal - Animalia ou Metazoa – vegetais - Reino Plantae, Reino Vegetal ou Metaphyta - e os protozoários - Reino Protozoa ou Reino Protista são procariontes, ou seja, tanto animais quanto vegetais.


Procariontes ou Procariotas

As células procariontes são consideradas primitivas por sua estrutura simples. Seu núcleo não é individualizado devido à ausência da cariomembrana, além de não terem organelas membranosas. Devido a não terem a carioteca, seu material genético está disperso pelo citoplasma.

Os organismos pertencentes ao Domínios Bacteria Archaea – Reino Monera – como as bactérias e as cianobactérias são procariontes.

Leia mais: Células procariotas e eucariotas


Estrutura das Células

Célula animal

Membrana Plasmática


Também chamada de membrana celular, é a estrutura que envolve toda a célula e protege as estruturas celulares. Sua estrutura fina e porosa permite que os nutrientes essenciais entrem na célula e impedem a entrada de substâncias maiores.

Citoplasma


É a maior parte da célula, composta pelo hialoplasma – matriz viscosa – e por organelas celulares com funções específicas.

Núcleo


É considerado o cérebro celular e abriga todo o material genético da célula, tanto nos organismos unicelulares quanto nos multicelulares. É aqui que acontece a reprodução da célula.

Organelas:


  • Mitocôndrias: "pulmão" celular e produtor de energia
  • Peroxissomos: armazenador enzimático
  • Vacúolos: armazenador e guardião de substâncias
  • Complexo de Golgi: armazenador, liberador e modificador de substâncias, além de exportador das proteínas que são sintetizadas no Retículo Endoplasmático e gerador de lisossomos
  • Lisossomos: fazem a digestão celular
  • Ribossomos: produtor e sintetizador das proteínas
  • Retículo Endoplasmático Liso e Rugoso: transportador de proteínas e sintetizador das moléculas orgânicas

Os sistemas do corpo são formados por tecidos que, por sua vez, são formados por um conjunto de células.

Célula Vegetal

Estas constituem os tecidos das plantas e tem muitas organelas em comum com as células animais.

  • Ribossomos: produtor e sintetizador do colágeno
  • Mitocôndrias: produtor de energia e responsável pela respiração da célula
  • Parede Celular: estrutura externa da célula que a sustenta e protege. É composta por um polissacarídeos chamado de celulose
  • Retículo Endoplasmático Liso e Rugoso: transportador proteico e sintetizador molecular
  • Complexo de Golgi: armazena, modifica e libera as substâncias e exporta proteínas para os lisossomos
  • Cloroplastos: organelas responsáveis pela fotossíntese. É nelas que se encontra a clorofila – pigmento responsável por absorver a luz solar que dá origem ao processo da fotossíntese e dá a coloração verde às plantas
  • Glioxissomos: são semelhantes aos peroxissomos, têm enzimas que quebram e convertem os ácidos graxos em açúcar
  • Vacúolos: reserva e energia e armazena substâncias

Principais diferenças entre as células animais e vegetais


As células animais e vegetais têm algumas funções e estruturas semelhantes. Veja agora as principais diferenças entre elas:

Forma e estrutura


São diferentes. A célula animal tem seu formato irregular, ao contrário da célula vegetal. Nas células animais é possível encontrar cílios e flagelos, nas células vegetais não. Outra importante diferença é o vacúolo no citoplasma das células vegetais, onde a seiva é armazenada e o controle de entrada e saída de água acontece.

Parede da célula


A parede celular é encontrada somente nas células vegetais. Ela é responsável pela proteção, sustentação e resistência celular, além de realizar a troca de substâncias com suas vizinhas e controlar a estrada de água.

Organelas


Tanto a célula animal quanto a vegetal tem organelas em comum, no entanto, algumas só são encontradas nas animais, como os Lisossomos e os Centríolos. Já os Cloroplastos e os Glioxissomas, estão presentes somente nas células vegetais.



Citologia

Por

Compartilhe