Agropecuária do Brasil

A agropecuária no Brasil tem uma grande importância para a economia nacional. A atividade é caracterizada pelo uso do ambiente rural e da terra para a criação de animais e plantação de hortifrúti. Normalmente, na agropecuária, a produção é feita em larga escala.

A relevância da agropecuária no Brasil é muito grande, mesmo sendo uma atividade considerada primária. A economia brasileira sempre foi condicionada ao desempenho da agropecuária, essa dependência é histórica.

Atualmente, a tecnologia é bastante usada na criação de animais de corte e no plantio de alguns tipos de grãos e hortaliças, melhorando a produtividade e aumentando a escala de produção.

Agora, o campo está mecanizado, conta com profissionais mais qualificados e maquinários modernos que auxiliam na realização de tarefas que, antes, eram feitas manualmente. Para preparar o solo, colher e abater animais, por exemplo, são usadas ferramentas de última geração e tecnologia.

Pecuária Brasileira

Os produtos agropecuários brasileiros são consumidos no próprio país e enviados para várias partes do mundo. Entre os mais comprados pelo mercado interno estão os seguintes:

  • Carne;
  • Leite
  • Verduras;
  • Frutas;
  • Ovos.

A exportação de produtos agropecuários brasileiros acontece principalmente com os seguintes produtos:

  • Café;
  • Cana-de-açúcar;
  • Algodão;
  • Soja;
  • Milho;
  • Carne bovina;
  • Carne de frango;
  • Carne suína.

Os números da agropecuária no Brasil são muito representativos, já que mais de 20% do PIB estão vinculados ao agronegócio. Somente em 2018, foram exportados mais de US$ 100 bilhões em produtos agrícolas e pecuários para diversos países do mundo. O Brasil ocupa hoje a liderança na exportação de muitos produtos agrícolas, como é o caso do milho e da soja, por exemplo.

Plantação de Milho

Os latifúndios são muito comuns no Brasil, onde poucas pessoas possuem e controlam um grande espaço de terra produtiva, normalmente de produtos para serem exportados. Este é o caso do algodão, milho e soja, além do gado bovino.

A agropecuária no Brasil, em especial a latifundiária, recebe investimentos muito expressivos em tecnologia, agrotóxicos e alimentos transgênicos (geneticamente modificados), tudo isso em busca de melhorar a produtividade, reduzir perdas, aumentar a resistência contra pragas e aumentar o lucro.

Além dos latifúndios, existem os minifúndios, propriedades bem menores, controladas geralmente por um grupo de pessoas, para a produção de frutas, verduras e legumes, alimentos que costumam ser consumidos pelo mercado interno e distribuídos com o apoio de cooperativas.

Verduras, Cenoura e Tomate

Atualmente, por causa do consumidor mais consciente, diversos minifúndios estão investindo em alimentos orgânicos, produzidos sem agrotóxicos.


Veja também:

Pecuária

Agricultura

Agronegócio no Brasil

Principais países criadores de gado