5 Competências necessárias para a Redação do Enem

A redação do Enem é mais um dos testes que os alunos devem executar com o máximo de perfeição para ter uma nota satisfatória para o curso que almejam. O Enem é usado como forma de ingresso para diversas universidades públicas e particulares. Os examinadores usam critérios bem claros para avaliar o desempenho dos alunos. São essas as 5 competências da redação do Enem:

1 – Dominar a Norma Culta da Língua Portuguesa

A redação do Enem não pode apresentar erros de ortografia, concordância, pontuação, acentuação e outros. A norma culta exclui gírias e expressões populares, aquelas que você escuta no cotidiano ou utiliza com seus amigos. A melhor maneira de evitar problemas nessa competência é treinar bastante antes da prova.

2 – Desenvolver o tema dentro do limite estrutural proposto

Essa é uma das competências para redação do Enem que deixa claro que o aluno não pode fugir do tema da redação ou modificar a estrutura esperada pelos avaliadores.

Se foi solicitada uma dissertação argumentativa, o estudante deve obedecer à risca e seguir o modelo com introdução, desenvolvimento e conclusão. Sem usar a primeira pessoa e apresentando uma solução para os problemas.

3 – Defender o ponto de vista com uma seleção de ideias, fatos, informações, opiniões e argumentos

Como você pretende desenvolver as suas ideias na redação? A banca examinadora utiliza essa competência para avaliar se seus argumentos são verdadeiros, se seu pensamento segue uma linha clara e com qualidade.

Para cumprir estes requisitos, é ideal ter como base a realidade, sem “viajar na maionese”, escrever besteiras ou apresentar soluções insensatas e impraticáveis.

4 – Construir a argumentação com os mecanismos linguísticos apropriados

Esta é uma das 5 competências da redação do Enem que avalia a estrutura do texto dissertativo argumentativo. O aluno tem que mostrar que tem domínio sobre a estrutura do texto, que está preparado para separar a argumentação em parágrafos bem definidos, elaborando introdução, desenvolvimento e conclusão. Todos os parágrafos da dissertação precisam estar conectados.

5 – Proposta de intervenção

Essa é uma das competências da redação do Enem usada para que o aluno apresente um caminho a ser seguido, uma solução a ser tomada para cada problema.

Todas as ideias de intervenção devem respeitar os direitos humanos. Se você quiser ganhar os 200 pontos dessa competência, é preciso fazer uma sugestão razoável e viável. Se ferir os direitos humanos, sua nota na redação inteira pode ser zero. Por isso, nem pensem em violência ou desrespeito à vida.

Além disso, é preciso indicar os meios que devem ser aplicados para solucionar o caso e quais atores devem estar envolvidos neste objetivo.


Veja também:

Como fazer uma boa redação para o ENEM?