Guerra do Afeganistão


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Guerra do Afeganistão

Por Juliana Miranda - Grupo Escolar

A conhecida Guerra do Afeganistão do período contemporâneo da história começou no ano de 2001. Os EUA, a maior potência mundial bélica e econômica mais seus aliados (França, Reino Unido, Canadá e a contribuição da Aliança no Norte muçulmana) lutaram contra o regime talibã.

Mesmo contra a posição das Nações Unidas, as invasões começaram em 7 de outubro e foram lideradas pelo governo norte-americano de George W. Bush. O motivo do ataque seria encontrar o terrorista Osama Bin Laden, apontado como líder do ataque terrorista sofrido pelos Estados Unidos em 11 de setembro do mesmo ano. Na ocasião, 3 mil pessoas morreram com os ataques coordenados contra o World Trade Center e o Pentágono.

Para invadir o Afeganistão, belicamente houve farto apoio terrestre da Aliança do Norte muçulmana (grupo anti-talibã) enquanto os Estados Unidos e Otan operavam de forma aérea e logística. Basicamente, duas gigantes operações militares dominaram o país. Elas foram chamadas de “Operação Liberdade Duradoura” e “Força Internacional de Assistência para Segurança”. Cabul, a capital do país, foi tomada e o regime talibã destituído, embora o regime tenha depois conseguido se reorganizar e retomar suas forças.

A Guerra do Afeganistão foi muito questionada pela opinião pública mundial e norte-americana. Foram gastos pelos EUA cerca de 345 bilhões de dólares no conflito, e mais de mil e quinhentos militares americanos morreram em confronto. Também foi questionada a tortura e morte de civis.

Depois de 9 anos de guerra e ocupação do país, Osama Bin Laden ainda não tinha sido encontrado pelos Estados Unidos. A demora em encontrar o líder terrorista, os gastos e a real necessidade de encontrar Bin Laden foram questionados pela população americana: muito gasto e muita morte para procurar um líder terrorista.

Os primeiros aliados a retirarem suas tropas do Afeganistão foram os Países Baixos, em 1 de agosto de 2010. O presidente do Afeganistão foi posto pelos Estados Unidos. O país sofre com problemas como falta de segurança e produção de drogas ilegais. Osama Bin Laden foi morto pelas tropas americanas em 1 de maio de 2011. A retirada total das tropas do Afeganistão deve acontecer até 2015.


Juliana Miranda - Equipe do GrupoEscolar.com
Licença:
Creative Commons License




Leia também! Assuntos relevantes.

Terrorismo
O terrorismo é um fenômeno social desencadeado por ideais radicais, religiões e governos extremistas. O terrorismo tem deixado o mundo em alerta nos ú...

Guerra do Libano
O Líbano que se libertou da França em 1945, é região do Oriente Médio sujeito a constantes conflitos. De um lado, estão os muçulmanos – sunitas e xiit...

Revolução Farroupilha ou Guerra dos Farrapos
Nome: Revolução Farroupilha ou Guerra dos Farrapos. Onde: Rio Grande do Sul. Na época em que o Brasil era governado pelo Regente Feijó (Período Reg...

O Fim da Guerra do Iraque
Em 2011 o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, declarou o fim da guerra no Iraque. A medida cumpre uma promessa de campanha de Obama. A gue...

Guerra do Peloponeso
Conflito entre Atenas e Esparta, ocorrido entre 431 e 404 a.C.. Sua história foi detalhadamente registrada por Tucídides e Xenofonte. De acordo com Tu...

Guerra de Tróia
A Guerra de Tróia foi um conflito entre gregos e troianos que aconteceu entre 1300 a.C. e 1200 a.C., na chamada Idade do Bronze. Essa guerra aconteceu...

Bioterrorismo
O Professor do Departamento de Bioquímica do Instituto de Química da USP e palestrante da Palavra concedeu esta entrevista exclusiva, onde discorre s...

10 Anos do Ataque Terrorista de 11 de Setembro
Em 11 de setembro desse ano os maiores atentados terroristas contra os Estados Unidos vão completar 10 anos. Foram quatro ataques suicidas com aeronav...

Colonização dos Estados Unidos
Os atuais Estados Unidos da América nasceram da união de Treze Colônias britânicas estabelecidas na costa atlântica da América do Norte a partir do sé...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2015 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados