Costelas - Corpo Humano


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Costelas - Corpo Humano

As costelas são vinte e quatro ossos finos, que ocorrem aos pares, constituindo parte do esqueleto torácico.

Quando passamos na região do peito podemos senti-las facilmente, desde as proximidades do pescoço até o abdômen.

Os primeiros sete pares de costelas articulam-se com o esterno na frente do corpo através de cartilagens e com a coluna vertebral, por isso são denominadas costelas verdadeiras.

Os outros cinco pares são conhecidos como costelas falsas pois não conectam-se diretamente com o esterno.

As quatro costelas que formam o oitavo, o nono e o décimo par apresentam em sua extremidade uma cartilagem que liga-se a cartilagens dos pares anteriores.

As costelas dos dois últimos pares, também chamadas de vértebras flutuantes, conectam-se apenas na sua porção superior.

As costelas são ossos finos e alongados de forma curva.

O tamanho das costelas tende a ser maior a medida que nos aproximamos da região do abdômen.

Paralelamente, observa-se uma diminuição na sua curvatura. Quanto a morfologia, a sétima vértebra é considerada a mais típica apresentando uma extremidade vertebral, o corpo e uma extremidade do externo.

A extremidade vertebral caracteriza-se pela presença de um pequeno espessamento ósseo que constitui a chamada cabeça da costela, delimitada por uma região afinada (o pescoço da costela) e pela presença de uma pequena projeção, o tubérculo.

A extremidade junto ao esterno é bastante simples, com a superfície do osso lisa.

Do ponto de vista funcional, as costelas são fundamentais para realização da função vital de respiração.

A expansão e redução do volume da caixa torácica quando inspiramos ou expiramos está diretamente relacionado à movimentação do diafragma em conjunto com as costelas.

Estima-se que há uma variação do diâmetro do peito pode chegar a dez centímetros a partir dessa movimentação.

Na verdade, três tipos de movimento são realizados com as costelas. O primeiro movimento envolve uma expansão do tórax.

Nesse caso, as costelas superiores sofrem uma rotação em sua articulação com as vértebras, elevando-se em sua porção anterior.

Outro movimento realizado na caixa torácica é o de expansão lateral.

Nesse caso, as costelas verdadeiras sofrem uma rotação tanto em sua extremidade articular vertebral quanto naquela junto ao esterno.

O resultado é um deslocamento lateral das costelas.

A costelas falsas, por sua vez, podem também movimentar-se lateralmente.

Contudo, chegamos a um efeito diverso. Quando essas costelas são deslocadas junto a articulação com as vértebras, há um distanciamento entre as extremidades soltas próximas a região anterior do corpo.

Todos esses movimentos são essenciais na inspiração e para sua realização faz-se necessária a ação de uma musculatura das costelas e do esterno.

Os exemplos principais seriam os músculos escalenos, os músculos intercostais internos e externos e o músculo esterno-cleido-mastóideo.

As costelas também servem de ponto de inserção de parte da musculatura relacionada a coluna vertebral como, por exemplo os músculos elevadores das costas.

Ao longo da vida do indivíduo, as costelas sofrem transformações em vários sentidos.

A ossificação já tem início por volta da oitava semana de vida intra-uterina a partir da região central das pequenas cartilagens que, no futuro adquirem a conformação das costelas de um adulto.

Após a ossificação completa desses ossos, que já ocorre por volta da quarta semana de vida, observa-se um período de crescimento que encerra-se entre 18 e 24 anos.


Fonte:
http://www.sosprofessor.hpg.ig.com.br/anatomia/costelas.htm





Saiba mais

Buscas relacionadas a Costelas - Corpo Humano em Biologia.


[ Pesquisa escolar lida 77860 Vezes - Categoria: Biologia ]


Leia também! Assuntos relevantes.

A densidade do corpo humano
A densidade do corpo humano é de 1.010 kg/m³, um pouco superior à densidade da água. É por causa dessa densidade que nosso corpo afunda se não souberm...
Lido: 3052 Vezes

Fases do corpo humano
O corpo humano passa por um longo processo de desenvolvimento. Os estágios da vida humana são caracterizados pelo crescimento e pelo desenvolvimento p...
Lido: 6098 Vezes

Função Digestiva do Corpo Humano
A constituição e funcionamento do nosso corpo dependem tão fundamentalmente da função digestiva, que podemos afirmar que a digestão constitui o centro...
Lido: 13767 Vezes

Corpo Humano
A divisão anatômica básica do corpo humano é feita em cabeça, tronco e membros. Do ponto de vista morfológico e funcional, o corpo é composto de célul...
Lido: 39581 Vezes

Sistema urinário
O sistema urinário é responsável por manter nosso organismo livre de toxinas. Isso é possível porque é composto por um conjunto de órgãos responsáveis...
Lido: 5832 Vezes

Ânus - Corpo Humano
É a abertura posterior do tubo digestivo, o reto se abre para o exterior pelo ânus. Na região anal, a membrana mucosa apresenta um série de pregas...
Lido: 20673 Vezes

A Necessidade de Movimento do Corpo Humano
De muitas maneiras pode se comparar o corpo humano como uma máquina, tal como um carro. A máquina converte uma forma de energia em outra na execução d...
Lido: 52742 Vezes

Bexiga - Corpo Humano
A bexiga é uma câmara muscular lisa constituída por duas partes principais: o corpo, que forma a maior parte da bexiga, e é onde se acumula a urina e;...
Lido: 11981 Vezes

Ureter - Corpo Humano
O ureter é um duto com extensão de 25 a 30 cm que leva a urina dos rins para a bexiga. As paredes deste duto são formadas por uma fina camada de mú...
Lido: 19874 Vezes

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
FIES
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.