O reino mineral é constituido por todas as coisas que não possuem vida: pedras, rochas, água, solo, gases, minérios, etc. Bem diferente dos reinos animal e vegetal. A origem dos minerais é resultado da precipitação de sais, rearranjo de íons (metamorfismo) ou resfriamento do magma oriundo das profundezas da Terra.


Quais são as características do reino mineral?

- São estruturas que não possuem vida, nem movimentos que são próprios e que são formados só pela agregação da matéria: o ar, a água os minerais e etc.

- São formas inorgânicas;

- Podem ser compostos orgânicos fósseis, como o petróleo, o gás natural, os óleos minerais, carvões, resinas e betumes.

- Ordem geométrica é a ordem de forma crescentes dos níveis de energia.

- Brilho, cor, transparência e durabilidade (minérios e rochas)

- Sólidos e Cristalinos (minérios e rochas)


Minerais

Sendo substâncias naturais, inogânicas e sólidas, os minerais possuem um arranjo interno (um tipo de cristalização) que são caracterizados pelas propridades químicas e físicas que são determinadas. Com o passar dos anos, foram sendo formadas pela natureza, características como: calor, pressão, temperatura e etc. Falando de uma forma mais simples, os minerais são compostos químicos que são formados por sólidos cristalinos, divididos em minerais metálicos e não metálicos.

Pedras Cristais


O que são minerais metálicos?

Para definir os minerais metálicos, podemos dizer que eles são elementos químicos que são encontrados na natureza, apresentando entre si características em comum.


E quais são as suas principais características?

  • Na temperatura ambiente, a maioria dos minerais metálicos tem uma consistencia sólida. Uma exceção é ujma substância conhecida que era usada em termômetros: o mercúrio. O mercúrio na temperatura ambiente, fica em seu estado sólido.
  • Alguns minerais metálicos, têm a capacidade de conduzir eletrecidade e calor. Alguns com mais intensidade e outros com menos.
  • A grande maioria desse tipo de metal é encontrada em estrutura da era pré-cambriana (período de formação da terra). Ou seja, em estruturas geológicas.
  • Se quer encontrar alguns deles, suas chances serão maiores no subsolo e em formações rochosas antigas.
  • Siderúrgicas e metalúrgicas, são os setores que mais utilizam esses metais. São suas principais matérias-primas.
  • Os minerais metálicos não são renováveis, em sua grande parte. Porém, podem ser reciclados.


O que são minerais não metálicos?

Como o nome dá uma prévia, os minerais não metálicos são os que não possuem matais em sua composição ou que possuem em uma quantidade bem pequena. São encontrados em grande quantidade na natureza, ao contrário dos minerais metálicos e dos fósseis (exceto as pedras preciosas e semipreciosas). A maior parte dela é bastante utilizada na construção civil.

Exemplos de minerais não metálicos usados na construção civil:
- Cascalho; Areia; Granito; Calcário; Basalto; Gnaisse; Quartzo; Mármore e Ardósia.

Exemplos de minerais não metálicos usados produção de fertilizantes: Fosfato; Potássio; Nitrato e Enxofre

Exemplos de minerais não metálicos usados na fabricação de joias (joalheria):
- Pedras preciosas e semipreciosas (turquesa, hematita, turmalina, quartzo rosa, ametista, ágata azul, lápis-lazúli, obsidiana, cornalina, esmeralda, rubi, ametista, safira, sodalita, jaspe vermelho, citrino e água-marinha).

Exemplos de minerais não metálicos usados em outras áreas:
- Sal marinho; Mica; Talco; Argila e Quartzo.

Orgânicos Fósseis:
Recursos energéticos fósseis: são os minérios compostos por elementos de origem orgânica. Podemos dar como exemplo o gás natural, o petróleo, carvões, asfaltos, betumes, resinas e óleos minerais.

Leia também! Assuntos relevantes