Pressão Arterial

A pressão alta é o nome popular de uma doença chamada de hipertensão arterial. Sem cura, é considerada uma doença crônica, que depois de diagnosticada, necessita de tratamento para o resto da vida.

A pressão alta é reconhecida pelo aumento da pressão do sangue nas artérias. O limite dos níveis de pressão alta vai até 14 por 9 na linguagem popular, ou 140/90 mmHg. Em valores mais altos do que isso, o paciente apresenta hipertensão arterial.

Quando uma pessoa tem pressão alta, o coração precisa fazer um esforço elevado para manter a distribuição correta do sangue pelas artérias. O problema da pressão alta é que ela pode causar doenças fatais, como insuficiência cardíaca e renal, enfarte, AVC – Acidente Vascular Cerebral e aneurisma da artéria.

Além dos fatores habituais e cotidianos que provocam a pressão alta, sabe-se que em 90% dos casos há predisposição genética para a doença se desenvolver. Entre os fatores que podem desencadear a pressão alta estão os seguintes:

  • Excesso de peso e obesidade;
  • Estresse;
  • Consumo elevado de sal e alimentos industrializados;
  • Consumo de bebidas alcoólicas;
  • Fumo;
  • Diabetes;
  • Sedentarismo;
  • Índices elevados de colesterol.

O risco de hipertensão arterial é maior em pacientes mais velhos. Porém, diabéticos e pessoas da raça negra costumam apresentar incidência maior que a média.

Aferindo a Pressão

Quais são os sintomas da pressão alta?

A pressão alta só tem sintomas quando os níveis de pressão arterial estão realmente bastante elevados, e incluem os seguintes:

  • Dor de cabeça;
  • Zumbido no ouvido;
  • Fraqueza;
  • Sangramento no nariz;
  • Visão embaçada;
  • Tontura;
  • Dor no peito.

O tratamento da pressão alta consiste em manter a pressão nos níveis normais e saudáveis, e inclui mudança no estilo de vida e medicação, quando necessário. O médico deve fazer o diagnóstico e realizar o tratamento.

Pessoas que possuem histórico de pessoas com pressão alta na família precisam medir a pressão de uma a duas vezes ao ano. Entre as mudanças de hábitos que ajudam a controlar a pressão alta estão: a prática de atividade física, parar de fumar, relaxar e desfrutar os bons momentos, evitar a ingestão de alimentos gordurosos, fazer o controle do diabetes; reduzir o consumo de sal e de alimentos gordurosos.


Veja também

Leia também! Assuntos relevantes