Introdução

O conceito de Educação a Distância, conhecida atualmente pela sigla EAD, já existe desde 1890. Na Alemanha e na Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, já eram oferecidos cursos de hebraico por correspondência nessa época.

No início do século XX começaram as produções de filmes educacionais e transmissões radiofônicas com caráter educativo. No Brasil, a Educação a Distância surgiu em 1937, com a criação do Serviço de Radiodifusão Educativa, do Ministério da Educação.

Em seguida, em 1939, apareceu a primeira empresa particular de ensino a distância, que foi o Instituto Monitor. Mais tarde, em 1941, o Brasil ganha o Instituto Universal Brasileiro, que trabalha com cursos por correspondência.

Em 1981, a Fundação Roberto Marinho lançou o Telecurso 1º e 2º graus para ensinar matérias do ensino fundamental e médio pela televisão. Esse curso já formou mais de 4 milhões de pessoas.

Em 1999, o Ministério da Educação reconheceu os primeiros cursos superiores a distância. Hoje, a EAD é conceituada como “uma atividade de ensino e aprendizado sem que haja proximidade entre professor e alunos, em que a comunicação biodirecional é realizada por meio de algum recurso tecnológico intermediário, como cartas, textos impressos, televisão,radiodifusão ou ambientes computacionais” (ALVES; ZAMBALDE & FIGUEIREDO, 2004,p.6).

O avançar dos tempos fez com que diversas descobertas pudessem ser feitas. Cada uma com a sua utilidade, mas todas as descobertas, até hoje, mostraram a sua importância, se hoje já não são mais tão importantes, na época em que foram descobertas causaram uma grande revolução.

E, dentre tantas descobertas que o mundo já teve, uma das que mais ajudaram as pessoas foi a internet. Como é sempre falado, a internet diminuiu a distância entre os que moram longe. Portanto, a internet ajudou diversas pessoas que estavam necessitadas e não podiam ira em um determinado lugar ou não estava com tempo hábil.

E, como toda grande descoberta vem com um número infinito de possibilidades, a internet ofereceu uma modalidade de ensino que até pouco tempo atrás não existia, que é o ensino à distância. Você já ouviu falar dele? Não? Então, fique por aqui que você saberá tudo sobre o assunto.


O que é educação à distância?


EAD

Como o próprio nome diz, educação à distância é a forma que a pessoa utiliza para realizar os seus estudos, fazendo cursos ou faculdades, de forma online, ou seja, conectada à internet. Isso se dá da seguinte forma: a pessoa separa um determinado tempo do seu dia para estudar, ou seja, ver vídeos, escutar áudios, ler arquivos, tudo numa forma de aprendizado, onde ela precisa se dedicar para conseguir alcançar o seu objetivo.

O ensino à distância se dá através da separação aluno, sala de aula e professor, onde nenhum deles fica junto de outro, a não ser por meio da internet. Ou seja, não tem contato nenhum.

O ensino se dá através da tecnologia, com uso de internet e computador, ou qualquer outro dispositivo para acessar a internet.


Como funciona a educação à distância?

Para poder acessar o ensino à distância, é importante que a pessoa tenha um computador com acesso à internet. Além disso, será preciso que ela tenha conhecimentos, mesmo que mínimo, de informática, pois ela deverá acessar o conteúdo sozinha.

Dependendo da instituição que ela for fazer o curso à distância, a metodologia irá mudar, com cada uma tendo o seu tipo e forma de acessar as aulas.

Os estudantes irão receber um login e a senha, que eles irão utilizar para poder acessar o ambiente virtual do curso. Enquanto estão fazendo o curso, os estudantes têm a possibilidade de consultar os seus tutores e professores, além de participar dos fóruns de discussões com outros colegas.

No ambiente virtual, o aluno terá acesso às provas, aos trabalhos, aos cronogramas, ás ferramentas que irá utilizar para estudar.

O ensino à distância está ganhando cada vez mais adeptos, justamente porque é uma modalidade de ensino que oferece, acima de tudo, a praticidade, onde o aluno poderá ver as aulas quando e onde quiser. Essa opção é a maior vantagem do curso à distância, além do valor que é cobrado nessa modalidade, que tende a ser, naturalmente, mais em conta do que um curso onde as aulas são feitas de forma presencial.

No curso à distância, apenas a prova é feita no Polo de Ensino do curso.


Alguns cursos de ensino a distância

Com a chegada da internet, os cursos de Educação a Distância se tornaram populares, mas é preciso tomar cuidado e procurar opções reconhecidas pelo MEC.

Abaixo você encontra uma relação de algumas instituições e sites que oferecem cursos de educação a distância em todos os níveis de formação de maneira gratuita:

Centro de Computação da Unicamp – CCUEC – Oferece minicursos de capacitação em tecnologia da informação para iniciantes, como “Busca na Web”, “Tecnologia XML” e “Gravando com Webcam”.
unicamp.br/minicurso


E-física - Cursos de física em seis níveis de complexidade, para leigos e professores.
https://efisica.atp.usp.br/home/


Escola Nacional de Administração Pública – ENAP - Oferece cursos como “BrOffice”, “Ética no serviço público”, “Orçamento público” e “Gestão de convênios”.
www.enap.gov.br


Senai – Oferece cursos de educação a distância gratuitos em todo o país.
http://www.senai.br/ead


TreinaWEB – Oferece cursos profissionalizantes para várias áreas, principalmente para o setor de tecnologia da informação. Os cursos são pagos!
www.treinaweb.com.br


Udemy – Possui cursos para aprimoramento e capacitação em diversas áreas. Possui professores de todos os cantos do mundo e cursos em português. Os cursos são pagos!
www.udemy.com


Universidade Aberta do Brasil – MEC - Instituições de ensino federais, estaduais e municipais em todo o Brasil que oferecem cerca de mil cursos gratuitos e a distância para aperfeiçoamento, graduação e pós-graduação.
http://uab.capes.gov.br/

Leia também! Assuntos relevantes