Teoria Deriva Continental (Pangéia)

Teoria Deriva Continental (Pangéia)

Por

Alfred Lothar Wegener, nasceu em Berlim no dia 01 de Novembro de 1880 e morreu na Groelândia em 1930, foi um meteorologista alemão que desenvolveu a teoria da Deriva Continental.

Wegener descobriu que grandes estruturas geológicas em diferentes continentes pareciam ter ligação. Por exemplo, os Apalaches na América do Norte ligavam-se à terras altas Escocesas e os estratos rochosos existentes na África do Sul eram idênticos àqueles encontrados em Santa Catarina no Brasil. O meteorologista constatou também que fósseis muitas vezes encontrados em certos locais indicavam um clima muito diferente do clima dos dias de hoje. Por exemplo, fósseis de plantas tropicais encontravam-se na ilha de Spitsbergen no Ártico. Todos estes fatos suportavam a teoria de Alfred Wegener da deriva continental. Em 1915 a primeira edição de 'A Origem dos Continentes e Oceanos', onde Wegener explicava a sua teoria, foi publicada, sendo procedida de outras edições em 1920, 1922 e 1929. Wegener afirmava que há cerca de 250 milhões de anos os continentes eram ligados, formando uma única massa, Pangéia (do grego "toda a Terra"). A Pangéia fragmentou-se e os seus fragmentos andaram "à deriva" desde então. Mas por quê a separação? Alfred não sabia exatamente porque as placas se movimentavam.

Alfred não sabia explicar porque as placas se movimentavam. Logo depois surge a teoria "tectônica das placas" que vai explicar esse fato.

Fonte:
http://www.revisaovirtual.com/site/Artigos_253_Teoria_Deriva_Continental_(Pangeia).htm

Leia também! Assuntos relevantes