Origem das parlendas

Por

As parlendas fazem parte do folclore brasileiro e têm origem na sabedoria popular a na história das populações tradicionais do Brasil. Essas rimas infantis, de versos simples e divertidos, são originárias da tradição da cultura verbal.

Não é possível especificar como e quando nasceram as principais parlendas do folclore nacional, mas é correto afirmar que elas passam de geração para geração, sobrevivendo ao tempo e mantendo sua força na cultura brasileira. As parlendas são muito utilizadas para divertir as crianças e ajudá-las a desenvolver a capacidade de memorização.

Para os professores brasileiros, as parlendas servem como uma ferramenta educativa, que pode ser empregada no ensino da literatura popular oral e do folclore brasileiro. Normalmente, as parlendas são compostas por versos de cinco ou seis sílabas ritmadas.

Os versos têm temáticas diversas, que demonstram o contexto da vida do interior e da cultura do povo brasileiro. O trava-línguas, que também é tradicional do folclore, é um tipo de parlenda muito popular. Um exemplo clássico é a parlenda: "Num ninho de mafagafos há sete mafagafinhos, quando a mafagafa gafa, gafam os sete mafagafinhos”.

As parlendas costumam ser cantadas ou recitadas. Elas têm um valor especial para as pessoas que vivem no interior do Brasil, pois nunca saem de moda nestas regiões.

Especialistas classificam as parlendas como enunciados lúdico-pedagógicos, que divertem e ensinam as crianças. A palavra parlenda significa “falar muito”.

Leia também! Assuntos relevantes