Malária


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Malária

Doença infecciosa e parasitária causada principalmente pelos protozoários Plasmodium vivax, Plasmodium malariae e Plasmodium falciparum. É transmitida pela picada do mosquito Anopheles darlingi. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a malária causou 2,1 milhões de mortes em 1996, a maioria de crianças. Entre 300 e 500 milhões de pessoas têm a doença, que predomina em países tropicais, como o Brasil, nos quais o plasmódio se multiplica com facilidade por causa do clima úmido. A situação é grave em algumas partes da África, onde o plasmódio já se tornou resistente a alguns dos remédios usados no tratamento e o mosquito transmissor está urbanizado, isto é, conseguiu adaptar-se para viver na cidade.

Transmissão - O inseto, ao picar uma pessoa com malária, adquire formas reprodutivas do plasmódio chamadas gametócitos, que, em seu tubo digestivo, acabam formando ovos. Esses ovos produzem as formas infectantes do plasmódio (esporozoítos). Ao picar outro indivíduo, o mosquito introduz os esporozoítos no seu organismo. Eles são levados pelo sangue para o fígado. Uma parte migra para as células vermelhas do sangue (hemácias), nas quais geram novos gametócitos, recomeçando o ciclo.

Sintomas - Os sintomas da infecção causada pelo Plasmodium falciparum surgem em média em 12 dias. Já os do Plasmodium vivax aparecem em 15 dias e os do Plasmodium malariae, em cerca de um mês. Alguns são comuns a todos os tipos de malária, como febre, suor, dor de cabeça, náusea, falta de apetite, calafrios, anemia e febre alta. Nos casos graves (causados pelo Plasmodium falciparum) podem ocorrer coma, convulsão e até morte.

Tratamento - Em todos os tipos de malária são usados medicamentos para combater os parasitas que atacam as hemácias. Nas infecções originadas pelo Plasmodium vivax e pelo Plasmodium malariae é necessário acabar com os parasitas que ficam no fígado, para evitar que a doença reapareça.

Nos últimos anos os cientistas têm tentado desenvolver uma vacina contra a doença. Uma equipe do Instituto Pasteur (França) liderada pelo médico brasileiro Hildebrando Pereira descobriu cinco das quinze proteínas que podem levar à criação da vacina. Em 1997, Pereira continua as pesquisas no centro de doenças tropicais montado pela Universidade de São Paulo (USP) em Rondônia.






[ Pesquisa escolar lida 18461 Vezes - Categoria: Doenças ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV)
A infecção pelo papilomavírus humano, conhecido como HPV, faz parte da família Papovaviridiae e atinge principalmente as mulheres. Esta doença é carac...
Lido: 177 Vezes

Protozoários
Seres vivos unicelulares e microscópicos pertencentes ao Reino Protista. São eucariontes, ou seja, apresentam núcleo dotado de uma membrana denominada...
Lido: 25565 Vezes

Infecção Urinária
Infecção urinária, como evitar? Popularmente conhecida como cistite, a infecção urinária é uma doença muito comum entre as mulheres, mas pode eventua...
Lido: 3162 Vezes

Doenças Causadas por Protozoários
O reino protista é composto pelos protozoários e pelas algas unicelulares. O termo protozoário significa “primeiro animal”. Esse termo foi designado p...
Lido: 63392 Vezes

Virus, bactérias, protozoários e fungos
Os vírus, bactérias, protozoários e fungos estão englobados na categoria de microrganismos, seres vivos que só podem ser visualizados com a ajuda de u...
Lido: 22254 Vezes

Estudantes Online | Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Sendo um veículo de comunicação, não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2014 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados