Idade do Ferro

A Idade do Ferro foi um período onde os humanos de todo o mundo começaram a aprender a extrair e derreter este metal para fabricar armas, ferramentas e utensílios.

Este período é uma das Eras ou Idades em que os estudiosos no assunto dividiram a pré-história dos humanos, de acordo com a evolução dos mesmos.

Seqüencialmente, existe a Idade da Pedra, a do Bronze e a do Ferro, cujas denominações indicam o tipo de material usado pelos homens para construir suas ferramentas.

Não se sabe exatamente onde e quando o ferro começou a ser explorado pelos humanos, uma vez que isso aconteceu em diferentes épocas, dependendo do avanço técnico de cada povo.

A técnica de derretimento do ferro é mais complicada do que a de outros minérios como o estanho e o cobre e requer vários estágios para que o metal fique puro, sem fragmentos de pedras.

Objetos feitos com ferro fundido datados de 3000 a.C. foram encontrados no Egito, mas sabe-se que os Hititas só o descobriram por volta de 1900 a.C. e, durante o seu império, aprenderam a aperfeiçoar as técnicas de fundição e uso deste minério.

Nesta época, os Hititas espalharam seu conhecimento avançado no manuseio do ferro por toda a Europa e região do Mar Mediterrâneo, marcando definitivamente o fim da Idade do Bronze para muitos povoados locais. Cerca de novecentos anos mais tarde, a indústria do ferro já movimentava centenas de pessoas que migravam de seus povoados para trabalhar na extração do minério.

A produção em massa de utensílios de ferro trouxeram pessoas da Ásia para a Europa e vice-versa, iniciando o uso deste minério na Grécia e norte da Itália.

Por volta do ano 600 a.C., foi a vez de os chineses aprenderem a usar este material e, pouco tempo depois, eles desenvolveram fornos de fundição tecnicamente superiores aos europeus, que só começaram a usá-los na Idade Média. Estes fornos produziam um ferro de altíssima qualidade, muito mais puro do que já se havia visto.

Com um material resistente, os chineses começaram a fabricar armas, como machados e espadas, e utensílios como enxadas e foices, que os ajudaram a desenvolver ainda mais sua agricultura, revolucionando seus campos de plantações.

O uso do ferro foi, ao longo dos anos, se espalhando pelo mundo, chegando na África por volta de 400 a.C. e tornando-se conhecido dos Celtas por volta de 450 a.C.. Na América, porém, não se tem conhecimento do uso deste material antes da chegada dos europeus.


Fonte:
http://www.slimsite.hpg.ig.com.br/idaf.html

Leia também! Assuntos relevantes