Graça Aranha

Graça Aranha

Por

José Pereira da Graça Aranha nasceu no dia 21 de junho de 1868, em São Luís, no Maranhão. Ele era filho de Temistocles da Silva Maciel Aranha e de Maria da Glória da Graça.

Na juventude, Graça Aranha se formou em Direito. Ele trabalhou no Estado do Espírito Santo, onde lançou seu primeiro romance Canaã, um grande sucesso editorial de 1902. Graça Aranha foi um diplomata, romancista e ensaísta.

O escritor teve participação na Semana da Arte Moderna, com a declaração nomeada de "A emoção estética na arte moderna". Aranha foi reconhecido como um dos chefes do movimento que renovou a literatura brasileira.

José Pereira da Graça Aranha foi um imortal da Academia Brasileira de Letras, mas rompeu com a instituição em 1924, depois que tentou introduzir modelos vanguardistas da Europa no Brasil. Graça Aranha foi considerado um autor pré-modernista brasileiro. Ele viveu em vários países europeus durante sua trajetória profissional.

Graça Aranha também atuou como juiz de direito no Rio de Janeiro e em Porto do Cachoeiro. Em sua carreira como escritor, Aranha se destacou com a obra Canaã. Outros livros importantes do autor são: Espírito Moderno, A Viagem Maravilhosa e O manifesto dos mundos sociais.

Graça Aranha faleceu no dia 26 de janeiro de 1931, no Rio de Janeiro.

Leia também! Assuntos relevantes