Evaporação


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Evaporação

A evaporação é a passagem da fase líquida para a gasosa, que ocorre lentamente na superfície dos líquidos; particularmente, denota o processo cíclico de ascensão das massas d'água sob a forma de vapor. Constitui uma parte importante da mudança de energia dentro do sistema Terra- atmosfera, responsável pelos movimentos atmosféricos e, consequentemente, pelas variações climáticas.

As moléculas de um líquido não têm todas a mesma energia cinética. Algumas têm energia cinética maior que a média, outras tem energia cinética menor. A maioria não tem energia suficiente para mudar de fase. No entanto, algumas têm energia muito maior que a média. Quando uma dessas moléculas atinge a superfície, ela pode sair do líquido e passar para a fase gasosa. É assim que acontece o processo da evaporação.

Pressão de vapor
Quando a água evapora de um recipiente aberto, algumas das moléculas do vapor se chocam com moléculas do ar, recuam, e tornam a entrar no líquido. O ar se comporta, portanto, como uma cobertura que se opõe à evaporação e a retarda. Se você tampa o recipiente, o vapor se acumulará no espaço acima do líquido. O número de moléculas que voltam para o líquido ou se condensam aumentará até que as moléculas se condensem na mesma proporção que se evaporem. Assim a quantidade de vapor será constante; nós dizemos que o espaço está saturado.

A pressão de vapor de ar saturado aumenta com a temperatura
Quando a temperatura de um líquido aumenta, suas moléculas se movem mais depressa. Elas então evaporam mais rapidamente e o vapor no recipiente fica mais denso. As moléculas do vapor se chocam mais, contra as paredes, em cada segundo; e elas se chocam com mais força.

A 10º C a pressão de vapor do ar saturado com água é de cerca de 2 centímetros de mercúrio. A 80º C ela é de 35 centímetros de mercúrio e a 100º C é de 76 centímetros de mercúrio.

Quanto maior for a pressão, mais vapor haverá na camada de ar adjacente e mais rápida será a evaporação. Compreende-se portanto porque é que a velocidade de evaporação aumenta com o aquecimento.

Se quisermos contribuir para a evaporação, é preciso fazer de maneira que o vapor se escape mais rapidamente, isto é, acentuar a movimentação do ar. Eis porque a evaporação se acelera quando sopramos sobre o líquido. Ainda que a sua pressão de vapor seja relativamente baixa, a água desaparece bastante depressa se a pusermos num prato, num local exposto ao vento.


A rapidez com que a água evapora depende de vários fatores:
ÁREA - Um prato cheio de água evaporará mais depressa do que um copo de água com a mesma quantidade, porque a água no prato tem maior superfície pela qual as moléculas podem escapar.

TEMPERATURA - Um aumento de temperatura faz as moléculas se moverem mais depressa. Portanto elas têm maior energia cinética e podem, assim, passar mais facilmente pela camada superficial e escapar.

PRESSÃO DO AR - As moléculas de água que atravessam a camada superficial podem chocar-se com moléculas do ar e recuar para o líquido. O ar atua como uma cobertura que se opõe à evaporação. A rapidez de evaporação diminui quando a pressão atmosférica aumenta.

UMIDADE - Quando a água num recipiente fechado não o enche completamente, o vapor se acumula no espaço sobre o líquido até que as moléculas de vapor evaporem e se condensam com a mesma rapidez. A rapidez de evaporação diminui quando a umidade aumenta.

VENTO - Num dia de ar parado a água evaporada de uma roupa molhada fica perto da roupa, aumentando a umidade relativa e impedindo a evaporação. O vento leva para longe esse vapor de modo que a roupa seca mais depressa.





Saiba mais

Buscas relacionadas a Evaporação em Biologia.


[ Pesquisa escolar lida 32412 Vezes - Categoria: Biologia ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Gases Industriais
Gases industriais compõe um grupo de gases comercialmente fabricados e vendidos para utilização em aplicações diversas. Estes gases normalmente são us...
Lido: 32609 Vezes

Usos Domestico - Gases Nitrogênio, oxigênio e argônio
Argonio É empregado como gás de enchimento em lâmpadas incandescentes, já que não reage com o material do filamento, mesmo em altos níveis de tempe...
Lido: 54185 Vezes

Ecologia
Durante muito tempo desconhecida do grande público e relegada a segundo plano por muitos cientistas, a ecologia surgiu no século XX como um dos mais p...
Lido: 37675 Vezes

O problema do desperdício de água no Brasil
Os brasileiros ainda não têm consciência sobre o problema do desperdício de água que o Brasil vive hoje. Um estudo encomendado pelo International Fina...
Lido: 2047 Vezes

Água: Um bem tão precioso!
"A água é o constituinte mais característico da terra. Ingrediente essencial da vida, a água é talvez o recurso mais precioso que a terra fornece à hu...
Lido: 31457 Vezes

Paisagens e Ecologia
A paisagem não é estática, pois todos seus elementos constituintes são passíveis de transformações próprias, como também se alteram mutuamente. Duas s...
Lido: 20562 Vezes

Gases Combustíveis
Os gases têm inúmeras aplicações na rotina do homem, e uma delas é a utilização das substâncias como combustíveis. Nesses casos, podemos citar os gase...
Lido: 2596 Vezes

Doenças por Contaminação da Água
As diferentes etapas e forma de tratamento das águas que o homem utiliza são necessárias devido à contaminação das mesmas por outros seres vivos, gera...
Lido: 206307 Vezes

Ecologia Humana e Ecologia Urbana
Ecologia Humana Estudo científico das relações entre os homens e seu meio ambiente, isto é, as condições naturais, interações e variações, em todos o...
Lido: 6655 Vezes

Água
A água não é um elemento químico, mas sim, um composto molecular formado por dois átomos do elemento hidrogênio e um átomo do elemento oxigênio. A...
Lido: 38925 Vezes

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
Paixão e Amor
Curiosidades
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.