Desmatamento da Amazônia é problema mundial

Desmatamento da Amazônia é problema mundial

Por

A Bacia Amazônica é formada por sete milhões de quilômetros quadrados. Deles, cinco milhões constituem floresta tropical. Essa região inclui território de nove nações. O Brasil possui 60% da Floresta Amazônica. Preservá-la tem sido uma tarefa muito difícil para o Governo Brasileiro.

O desmatamento da Amazônia no Brasil vem crescendo desde 1960. Antes disso, era muito difícil o acesso à floresta. A população passou a invadir a área a fim de explorar madeira, fazer assentamentos e desenvolver atividades na terra.

Explorar madeira tem sido um grande negócio na região, principalmente por que o solo da floresta é produtivo somente por um curto período de tempo. Isso obriga os produtores a migrarem rapidamente de local, o que faz com que o desmatamento na região seja crescente.

Estima-se que o total de floresta perdida entre 1991 e 2000 seja de 587 mil quilômetros quadrados. A maior parte desse território foi destinada para pastagem de gado. Entre 2000 e 2005, a taxa de desmatamento foi de aproximadamente 22.392 quilômetros quadrados por ano. O desmatamento da floresta tem diminuído significativamente desde 2004, mas o problema está longe de acabar.

Para combater, o Governo Federal do Brasil criou um gabinete especial, do qual fazem parte a Polícia Federal, a Força Nacional de Segurança e a Polícia Rodoviária Federal, que planejam operações coordenadas a fim de evitar mais estragos. Além disso, o Ministério de Meio Ambiente conta com o apoio do Ministério das Ciências e Tecnologias, que fornece dados captados por satélite.

De acordo com o Ibama, os responsáveis pelo desmatamento do local estão cada vez mais especializados na derrubada da mata. O órgão alerta que é autuado por crime ambiental tanto quem participa das derrubadas como quem compra produtos oriundos da área danificada.

O Brasil tenta preservar a riquíssima flora e fauna da floresta enquanto o mundo observa atento o que acontece na Amazônia. Nesse ano, a ONU declarou que a preservação da floresta é um problema não só do Brasil, mas de todo o planeta.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, está convencido de que a proteção da Amazônia será um dos assuntos centrais da Conferência sobre Desenvolvimento Sustentado (Rio+20), que será realizada no início do próximo ano no Rio de Janeiro.

Juliana Miranda - Equipe do GrupoEscolar.com

Leia também! Assuntos relevantes