As Vanguardas Européias

A palavra vanguarda significa guarda avançada, ou seja, aquilo que vem à frente. Atualmente, este termo é utilizado para designar aquilo que é inovador, que quebra paradigmas e lança novas tendências.

No campo das artes, a palavra vanguarda passou a ser usada para denominar as tendências artísticas que surgiram na Europa, conhecidas como as Vanguardas Europeias. Estes movimentos artísticos inovadores surgiram em diferentes países da Europa e influenciaram o mundo inteiro, inclusive o Brasil.

As vanguardas europeias refletiam um sentido de liberdade de criação e o surgimento de novos padrões. Os movimentos de vanguarda ganharam força nas duas primeiras décadas do século XX. Este foi um momento de ruptura com a arte clássica e os padrões culturais da época.

Os vanguardistas se manifestaram em todas as artes, especialmente nas artes plásticas e na literatura. As principais tendências das Vanguardas Europeias nasceram em Paris, na França, considerada no período como o centro cultural da Europa.

Os movimentos artísticos ganharam força durante e após a Primeira Guerra Mundial. A ideia era deixar para trás as tradições e subverter a produção artística, abandonando o conservadorismo.


Como as Vanguardas Europeias influenciaram o Brasil?

No Brasil, as vanguardas europeias influenciaram o surgimento do movimento modernista, que teve, em sua primeira fase, nomes importantes nas artes plásticas, na literatura, na arquitetura e na música, como Oswald de Andrade, Mario de Andrade, Carlos Drummond e Tarsila do Amaral.

Todas as vanguardas europeias foram muito importantes para definir os novos rumos da arte no mundo. No Brasil, essas tendências foram representadas na Semana de Arte Moderna de 1922, um marco na história nacional. O movimento foi responsável por renovar os padrões artísticos em nosso país, com propostas ousadas e inovadoras.


Conheça as Vanguardas Europeias

As cinco principais correntes das Vanguardas Europeias foram: o futurismo, o cubismo, o dadaísmo, o expressionismo e o surrealismo. Saiba um pouco sobre cada uma delas!


As principais correntes de vanguarda

Cubismo - Se manifestou no século 20. O Cubismo retratava a realidade e acabava com a visão clássica de tempo e espaço.

Futurismo - Foi difundido por meio de manifestos, como o Manifesto Futurista do poeta Filippo Tommaso Marinetti. Foi considerado o movimento mais subversivo da época.

Dadaísmo - Surgiu na Suíça, durante a Primeira Guerra Mundial. O movimento era marcado pelo deboche e pela liberdade artística.

Expressionismo - Movimento extremamente subjetivo, criado no início do século XX. Valorizava os sentimentos dos artistas.

Surrealismo - Nasceu na França, por volta de 1924. O movimento pregava novas experiências na arte.

Leia também! Assuntos relevantes