O contato social, a relação entre as pessoas e as conexões estabelecidas pelos indivíduos podem ser classificados como processos sociais. Em toda a organização da sociedade é possível perceber a existência de processos sociais, desde a negociação de um produto para exportação até a atividade bélica desenvolvida por dois países. Em escala menor, quando as pessoas do seu bairro se juntam em uma associação para realizar melhorias na região, elas também estão agindo em processos sociais.

Um dos processos sociais mais comuns e de grande importância, que acontece por meio do relacionamento entre os indivíduos, é a aprendizagem da fala. Geralmente, uma pessoa passa esse ensinamento para a outra em processos sociais. É interessante notar aqui que a escola é essencial para criar uma metodologia do ensino da língua, principalmente em sua forma culta; mas as crianças já chegam à escola sabendo falar, graças aos processos sociais.

A singularidade de cada pessoa vai influenciar nos processos sociais, isso porque na relação entre os indivíduos, as ideologias, os valores e crenças podem aproximar certos grupos, separar outros e ainda criar atritos, em último caso.

O interesse em comum serve para dar um norte aos processos sociais, por aproximação. Vemos que indivíduos com o mesmo objetivo se associam a outros com perfil parecido. Em igrejas e clubes isso acontece bastante, assim como pessoas que buscam o mesmo curso na faculdade.

Pessoas Conversando

Existem tipos de processos sociais, como os associativos e os dissociativos. No caso dos associativos, pessoas agem conforme seu consenso, cooperam entre si e estabelecem relações positivas. Os dissociativos são opostos e divergentes, gerando claramente relações negativas.


Tipos de processos sociais associativos

Existem 3 tipos de processos sociais associativos:

  • Cooperação: em busca de um mesmo propósito, indivíduos agem de forma organizada para alcançar o objetivo;
  • Acomodação: o indivíduo se acomoda na sociedade, não está satisfeito, porém não faz nada para mudar a realidade;
  • Assimilação: quando indivíduos de grupos contrários se tornam parecidos.


Tipos de processos sociais dissociativos

Existem 2 tipos de processos sociais dissociativos:

  • Competição: quando pessoas ou grupos sociais disputam de forma legal e organizada, já que possuem interesse em comum, mas estão em lados diferentes;
  • Conflito: embate marcado por práticas violentas e abusivas, com tensão social, ameaça e outras formas agressivas de competição.


Isolamento nos processos sociais

Cabe destacar que existem indivíduos que não estabelecem relações sociais por uma série de motivos. O isolamento físico ou espacial acontece quando comunidades vivem em lugares distantes e inacessíveis, em florestas ou vales, por exemplo.

O isolamento estrutural acontece quando grupos agem conforme normas de interesse determinadas pela própria sociedade, através de categorias, como crianças, homens, mulheres, pessoas de determinada raça, com diferenças biológicas, de determinada idade, entre outros fatores.

O isolamento funcional ocorre quando o indivíduo apresenta alguma deficiência que se transforma em barreira para relações sociais, como surdez e cegueira.

O isolamento psíquico acontece pela diferença de cultura e conhecimento entre pessoas, é o caso do empresário de sucesso e do trabalhador comum. Este isolamento acontece por meio da criação de clubes, por exemplo.

Já o isolamento habitudinal existe quando fatores de hábito e costume impedem a convivência entre pessoas por causa do idioma, religião, costumes, entre outros.