O Sol da meia noite, um fenômeno mágico

Em muitas áreas da Finlândia, o sol nunca se põe completamente. Claro, há uma parte do país aonde o sol nunca chega ao verão e é precisamente lá onde podemos ver o sol da meia-noite.


O que é e onde podemos ver o sol da meia-noite?

O sol da meia noite é um fenômeno natural produzido nos meses de verão no Círculo Ártico e na Antártida. Na ausência de assentamentos humanos perto do círculo antártico, fala-se deste tipo de sol da meia-noite para se referir a esses fenômenos nos países escandinavos, na Rússia, no Canadá e nos Estados Unidos. Nos polos da terra, o sol sai apenas uma vez e se põe novamente a cada ano.

Em um dia que não há nuvens, podemos ver o sol por 24 horas, incluindo a meia-noite, de onde vem o nome do fenômeno. O número de dias por ano em que o sol pode ser visto por 24 horas aumenta quanto mais longe estamos do equador.


Como é esse fenômeno na Finlândia?


O Sol da meia noite na Finlândia

Um quarto deste país está localizado ao norte do Círculo Polar Ártico. Na ponta norte da Finlândia, Nuorgam, o sol não se põe por mais de 60 dias. Na capital da Lapônia finlandesa, Rovaniemi, onde passa a linha do Círculo Ártico, o sol pode ser visto a noite toda por cerca de um mês.


Como isso afeta as pessoas que moram lá ou viajam para esta área?

Os moradores como é lógico estão acostumados com o fenômeno, mas para os visitantes é mais problemático. As pessoas tendem a ser mais irritáveis, algo normal quando você não consegue dormir.

Sem dúvida é o fenômeno mais curioso na natureza e vale a pena, pelo menos uma vez na vida, passar por essas áreas. Esse fenômeno também tem o outro lado completamente oposto, o "Kaamos", chamado de noite polar, no qual a aurora nunca chega.

O boom do turismo nessas áreas faz com que muitos visitantes cheguem a essas latitudes para desfrutar do fenômeno e dos múltiplos fenômenos que essa parte do planeta possui.

Leia também! Assuntos relevantes