História da Música Sertaneja

Artes
Por

O sertanejo é o estilo musical que mais faz sucesso no Brasil, atualmente. A história da música sertaneja mostra que o ritmo segue utilizando os instrumentos que fizeram parte da vida comum do povo na época em que éramos colônia de Portugal, em especial o acordeon e a viola.

Na história da música sertaneja, o ritmo teria surgido em 1929. O artista Cornélio Pires teve a atitude de espalhar a cultura caipira, inclusive sua música, para outros lugares do Brasil.

A cultura caipira era divulgada com teatros e performances musicais. Na história da música sertaneja, Cornélio financiou com seu próprio dinheiro a composição de um disco de músicas caipiras, que mostravam a diferença do homem de interior daquele que vive na cidade, sobre a paisagem do sertão e a vida pacata do sitiante.

Seguiram a tendência da história da música sertaneja caipira várias duplas de sucesso que são consideradas percursoras do estilo, tais como:

  • Mandi & Sorocabinha
  • Zico Dias & Ferrinho
  • Mariano & Caçula
  • Laureano & Soares

Estas duplas tocavam moda de viola, o primeiro ritmo da história da música sertaneja, o que seria chamado hoje de sertanejo raiz.

Na história da música sertaneja, ao longo dos anos foram surgindo várias adaptações do estilo. Até 1960, as produções eram de sertanejo raiz, com muita moda de viola.

Ilustração Música Sertaneja

De 1970 a 1980, foi emplacada a música sertaneja romântica. No início da história da música sertaneja, as letras falavam bastante da vida do campo, contavam “causos” do caipira. Duas duplas que marcaram a história são:

  • Pena Branca & Xavantinho
  • Tonico & Tinoco

Também fizeram sucesso outros artistas, como Sulino & Marrueiro, Irmãs Galvão e Cascatinha & Inhana.

A guitarra elétrica foi incorporada à história da música sertaneja apenas depois de 1960, com muita influência de Sérgio Reis. Depois, Milionário & José Rico, já em 1970, colocaram o trompete e o violino em algumas composições.

Na sequência, depois de 1980, duplas que investiram em um estilo de sertanejo mais comercial dominaram o Brasil, como é o caso de Leandro & Leonardo e Chitãozinho & Xororó, com o ápice do sucesso nos anos de 1990.

Estas mesmas duplas, somadas a outras novas, como Christian & Ralf, João Mineiro & Marciano, Zezé Di Camargo & Luciano, Rick & Renner e Gian & Giovani, trabalharam com um estilo classificado como sertanejo romântico.

Entre as músicas deste estilo mais famosas na história do gênero estão as seguintes:

  • “Evidências”;
  • “Entre tapas e beijos”
  • “Pense em mim”
  • “Fio de cabelo”
  • E muitas outras!

Vários outros nomes estão ligados ao sertanejo romântico, como Jorge & Mateus, Rio Negro & Solimões, Fernando & Sorocaba, Bruno & Marrone, João Neto & Frederico e muitos outros.

Agora, na história da música sertaneja, outras abordagens fazem mais sucesso, como o arrocha, o sertanejo eletrônico, o sertanejo com elementos do axé e do funk, a “sofrência”, entre outros.

Entre os principais artistas estão:

  • Thaeme e Thiago
  • Gusttavo Lima
  • Marilia Mendonça
  • Munhoz e Mariano
  • Michel Teló


Veja também:

História do Forró Brasileiro

Ritmo musical da região sudeste

MPB - Música Popular Brasileira

Compartilhe