É muito comum serem encontrados nos livros da escola a utilização de três nomes significando apenas um. Grã-Bretanha, Reino Unido e Inglaterra estão classificados, nos livros, como se fossem a mesma coisa, só que essa informação não procede e são diferentes as formas como se colocam e o que representam.

A grande diferença entre eles se dá no espaço geográfico e na política. Enquanto a Grã-Bretanha é classificada como uma ilha constituída por três países, o Reino Unido já é considerado um país, sendo constituído pelas nações da Grã-Bretanha, mais uma província da Irlanda do Norte.
Já a Inglaterra é um dos países que compõem o Reino Unido, tendo como capital Londres.

A Grã-Bretanha, denominação da antiga Albion, é uma ilha Britânica localizada na Europa, que abrange uma boa parte do Reino Unido. Nessa ilha estão localizados três dos quatro países britânicos: na parte norte da ilha, encontra-se a Escócia, a Inglaterra está localizada na parte sul da ilha, e o País de Gales está presente na parte oeste da ilha.

Sendo responsável pela maior parte das Ilhas Britânicas, a Grã-Bretanha possui mais de 6.000 ilhas britânicas, ficando ao longo da costa noroeste da Europa. Ela é banhada pelo Oceano Atlântico

Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido
Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido
Crédito da imagem: Diferenca.com


Dados populacionais, econômicos e territoriais

Possuindo uma área territorial de 229.850 km², a Grã-Bretanha possui apenas 1.000 km de cumprimento, vindo da costa sul da Ilha até a Escócia, tendo apenas 500 km de largura.

Estando na região noroeste da Europa, a Grã-Bretanha tem o seu ponto mais elevado localizado na Montanha Bem Nevis, com 1.344 metros, localizada na Escócia.

Sua população é composta por 60,8 milhões de pessoas, o que equivale a 302 habitantes por km². Sendo composta por grupos distintos de pessoas, a maioria da população é de brancos, correspondendo a 86,8% de pessoas. Os asiáticos são o segundo grupo de pessoas mais populosos da Ilha. São cerca de 7,1% de asiáticos. Os negros estão presentes de forma tímida na Ilha, com 3,1% da população. Os mestiços estão com 2% presentes na Grã-Bretanha e os árabes, 0,3%. Outras classificações correspondem a 0,7% da população.

Das cidades que compõem a Grã-Bretanha, Londres, a capital da Inglaterra, é a sua mais populosa, com cerca de 8,5 milhões de habitantes.

As principais cidades presentes na Grã-Bretanha são: Birmigham, Glasgow, Leeds, Londres e Manchester.

Os idiomas mais falados na ilha são o inglês, o gaélico e o scots.


Importância econômica

A Grã-Bretanha é uma das principais economias do mundo, e teve seu crescimento acentuado no terceiro trimestre do ano de 2017, em conjunto com as negociações do Brexit.

Com o pensamento de se tornar a maior economia da Europa, a Grã-Bretanha, segundo estudo divulgado, conseguirá esse fato no ano de 2030.

Com a saída da União Europeia, a tendência é que a sua economia cresça mais rápido, embora possa passar por momentos de dificuldades no início.

A atividade cinematográfica cresceu cerca de 72% desde 2014, impulsionados pelos créditos tributários introduzidos pelo antigo ministro das Finanças, George Osborne. Com essa atividade, o crescimento da economia se fez presente.

Leia também! Assuntos relevantes