Estágios Educacionais no Brasil

Os estágios educacionais no Brasil são divididos em etapas que devem ser cumpridas de acordo com a faixa etária de cada aluno. Abaixo, todas as fases estão colocadas em ordem, com um descritivo de cada uma delas.

Pré-escola

A pré-escola ou escola primária é a primeira fase do processo educacional do aluno. Não é uma fase escolar obrigatória, mas influencia diretamente no desenvolvimento da criança. As escolas que oferecem ensino pré-escolar podem classificá-lo de diferentes maneiras, tais como maternal, jardim de infância, escolinha e infantário.

Crianças de até 6 anos podem frequentar a pré-escola. O projeto pedagógico é voltado para estimular os sentidos dos alunos e desenvolver a socialização das crianças.


Ensino Fundamental

A partir dos 6 anos de idade, as crianças devem passar para a etapa do Ensino Fundamental I, que vai da 1ª até a 5ª série. Já o Ensino Fundamental II contempla da 6ª até a 9ª série.

No Ensino Fundamental, as crianças são alfabetizadas e possuem diretrizes de conhecimento para disciplinas como matemática, ciências biológicas, história, geografia, artes, educação física, inglês, língua portuguesa, entre outras. Nesta fase, o conhecimento é consolidado. Esta etapa deve ser concluída até os 14 anos de idade.

ABC, escrito na lousa com giz

Ensino Médio

Esta é a última etapa da educação básica e deve durar 3 anos. É a etapa que antecede a entrada na faculdade. No Ensino Médio, os alunos vão aprimorar os conceitos aprendidos na etapa anterior. Nesta fase, a educação também é voltada para o mercado de trabalho.

No Brasil, o Ensino Médio é uma obrigação de todos os Estados da federação. Por isso, eles devem oferecer ensino público de qualidade para toda a população.

O conteúdo que faz parte do Ensino Médio é definido nos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio em Matemática e suas Tecnologias, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagem, Código e suas Tecnologias. Todo o conteúdo destas disciplinas é exigido no ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio, atualmente uma das maneiras mais democráticas de acesso às universidades no Brasil.


Ensino Técnico

O ensino técnico é o ensino profissional voltado ao mercado de trabalho, normalmente feito durante o Ensino Médio de maneira integrada na mesma instituição de ensino, de maneira concomitante externa em outra instituição de ensino ou subsequente, após a conclusão do ensino médio.

Os cursos de ensino técnico são formulados para atender às demandas do mercado de trabalho e focados para que o aluno, após a conclusão do curso, consiga se colocar mais rapidamente em um bom emprego.


Faculdade

Após o Ensino Médio, os alunos podem disputar uma vaga em uma universidade para a iniciação da vida acadêmica, aquela que define uma profissão, com diplomas profissionais para pessoas que querem grau acadêmico.

O Ensino Superior pode ser feito em faculdades, universidades, institutos e escolas superiores. As profissões clássicas, como médico, advogado e engenheiro, assim como muitas outras, só estão acessíveis através do Ensino Superior. No Brasil, os estudantes podem frequentar faculdades públicas ou particulares.


Mestrado e Doutorado

Após a conclusão do ensino superior, os alunos podem aprimorar o conhecimento nas áreas escolhidas em cursos de pós-graduação, entre eles aqueles que conferem graus acadêmicos, como mestrado e doutorado.

Para isso, devem ser admitidos em programas de pesquisa de universidades que oferecem curso de pós-graduação classificados como “stricto sensu”. O ingresso pode ser feito mediante prova, entre outras maneiras.


Assuntos Relacionados:

ENEM e Vestibular

Bolsas de Estudo

O que é a Base Nacional Comum Curricular (BNCC)?

Saiba o que é o Google Classroom

Leia também! Assuntos relevantes