João Fernandes Campos Café Filho foi presidente do Brasil. O político nasceu em 3 de fevereiro de 1889, na cidade de Natal. Café Filho iniciou sua vida política em 1933, quando fundou o Partido Social Nacionalista.

Café Filho foi presidente do Brasil de 24 de agosto de 1954 a 8 de novembro de 1955. Na juventude, ele trabalhou no comércio, atuou como jornalista e estudou Direito na Academia de Ciências Jurídicas e Comerciais do Recife.

O político participou da aliança Liberal de 1930, e também fundou o Partido Social Progressista de Adhemar Pereira de Barros. Em 1934, ele se elegeu deputado federal.

Em 1950, graças a um acordo feito com o governador de São Paulo, Adhemar de Barros, Café Filho ingressou na chapa de Getúlio Vargas como candidato a vice-presidente. Eles acabaram eleitos para o governo do Brasil, mas o suicídio de Getúlio fez com que Café Filho assumisse a presidência em 24 de agosto de 1954.

Por problemas de saúde e depois de ter sofrido um ataque cardíaco, Café Filho passou o cargo de presidente do Brasil ao então presidente da Câmara, Carlos Luz.

Em 1961, ele passou a ocupar o cargo de ministro do Tribunal de Contas do Estado da Guanabara. Café Filho morreu em 20 de fevereiro de 1970, aos 71 anos, no Rio de Janeiro.