Alimentação Saudável

Benefícios de uma alimentação saudável

Muitos são os benefícios de uma alimentação saudável, mas baixo é o nível de conscientização sobre tal fato.

A partir do momento em que o indivíduo inicia um processo de reeducação alimentar, consegue perceber uma melhora na qualidade de vida e disposição.

Os benefícios ocasionados, não se inserem apenas ao âmbito estético. Após um determinado tempo seguindo o regime alimentar, a pessoa começa a perceber inúmeras novidades positivas, dentre elas: perda de gordura corporal, melhora no humor, aumento de ânimo, controle de doenças como diabetes e hipertensão arterial.

Mas, para isso, é necessário saber quais alimentos suprem as necessidades calóricas e de vitaminas do organismo, levando em conta a individualidade biológica.

Uma dieta adequada, envolve carboidratos complexos, proteínas magras e lipídios de origem vegetal. Para a obtenção de vitaminas, a coloração do prato deve ser variada, com diversos tipos de legumes e saladas.

Os alimentos industrializados devem ser retirados do cardápio, já que sua composição química é maléfica ao organismo.

Verduras frescas

Sumário

  1. Benefícios de uma alimentação saudável
  2. Como saber quantas calorias devo ingerir?
  3. Dicas para a substituição dos alimentos
  4. Alimentação equilibrada e sua relação com a prevenção de doenças
  5. Diabetes e hipertensão arterial decorrentes de uma alimentação inadequada
  6. Quais são os principais macronutrientes? Como funcionam no corpo humano?

Como saber quantas calorias devo ingerir?

Para uma alimentação saudável, diversos requisitos básicos devem ser atendidos.

Muitas pessoas possuem compulsões alimentares, devido ao fato de não conseguirem controlar sua ingestão de calorias.

Para isso, existem diversas fórmulas que se baseiam no gasto calórico do indivíduo, buscando atender suas demandas nutricionais.

Uma das fórmulas mais utilizadas, é a Taxa Metabólica Basal. Nela, é possível descobrir quantas calorias são necessárias para manter um bom funcionamento dos órgãos, sem que aja algum prejuízo posteriormente.

Após o cálculo, o indivíduo deve se basear em suas metas, que podem ser de emagrecimento ou ganho de massa muscular.

Caso queira emagrecer, o recomendado é retirar algumas calorias, para o processo ser mais rápido e eficiente.

Para ganhar massa muscular, a adição de calorias é essencial, já que o músculo precisa de muitos nutrientes para atingir a hipertrofia.

Abaixo, iremos inserir a fórmula utilizada para o cálculo da Taxa Metabólica Basal

A equação mais utilizada, é a de Harris Benedict, sendo dividida quanto ao gênero.

  • Para homens:
    TMB = 66 + (13,7 x peso em KG) + ( 5 x Altura em CM) - (6,8 x idade em anos).
  • Para mulheres:
    TMB = 665 + (9,6 x peso em KG) + ( 1,8 x Altura em CM) - (4,7 x idade em anos)

Assim, será muito mais fácil ter um entendimento sobre a quantidade de comida você precisa ingerir ao longo do dia.

Dicas para a substituição dos alimentos

Os alimentos gordurosos são aqueles que mais nos dão prazer. Porém, são os mais prejudiciais a saúde. Por esse motivo, estudiosos indicam a substituição de alimentos industrializados, inserindo nas refeições muitos grãos, leguminosas e verduras.

Abaixo, daremos algumas dicas sobre quais alimentos substituir, e quais são as melhores opções.

1- Refrigerantes

Por conta de seu sabor adocicado e sua sensação de refrescância, o refrigerante ganha cada vez mais adeptos pelo mundo a fora.

Sua composição é extremamente ruim para o corpo humano, podendo ocasionar diversas patologias.

Para substituí-lo de forma consciente e natural, basta inserir algumas rodelas de fruta de sua preferência, dentro de um copo de água. Preferencialmente, deixe de um dia para o outro, para a água saborizar ainda mais.

Pedacos frutas, homem carregando em bandeja

Essa troca, além de diminuir a quantidade de calorias do seu dia, lhe dará vários complexos vitamínicos.

As frutas mais indicadas para esse processo, são: morango, laranja, limão e abacaxi. Basta utilizar sua imaginação, e mudar seus hábitos.

2- Carnes

Todos sabemos que a carne possui proteínas muito importantes para o organismo. Mas, quando ingerida em excesso, não é benéfico.

Diversos são os hormônios que são inseridos nos animais, para que possam se desenvolver mais rapidamente. Assim, quando nos alimentamos, esses hormônios serão passados para nós, já que passam por um processo de acumulação nos seres vivos.

Pedacos de carne, cortando

Para detoxificar seu organismo, não ingira carne por pelo ao menos uma semana, e perceba os diversos benefícios que irão aparecer.

A substituição pode ser feita através de proteínas de origem vegetal, como soja, grão de bico e feijão.

3- Leite de vaca

O leite de vaca possui muitos conservantes, visando aumentar seu tempo de prateleira. Por esse motivo, pode ser extremamente prejudicial a saúde, além da presença de hormônios citados artificialmente, como explicado no tópico anterior.

Assim, opte por leites de origem vegetal, como o leite de amêndoas.

Os intolerantes a lactose, irão perceber ainda mais melhorias, como a diminuição das reações alergias e uma pele menos oleosa.

4- Suco de frutas

Muitas pessoas acham que tomar o suco de frutas natural é a melhor opção. Entretanto, ao ingerí-lo, acrescentam ingredientes extremamente calóricos, como o açúcar.

Frutas alimento

Além disso, ao ser espremida ou batida, a fruta perde algumas de suas propriedades.

Então, repense sobre esse ato, e comece a ingerir esse alimento em seu estado natural.

Alimentação equilibrada e sua relação com a prevenção de doenças

Para a manutenção de uma boa saúde, todos sabemos que se alimentar adequadamente é essencial. O corpo é o maior bem do ser humano, e caso não seja reservado o devido cuidado a ele, futuros problemas irão surgir.

Com a popularidade do fast food, muitos alimentos processados estão se tornando recorrentes nas refeições brasileiras.

Com isso, além da obesidade, problemas como diabetes e hipertensão estão crescendo cada vez mais, inclusive em crianças.

Agora, iremos explicar a relação da alimentação com essas duas doenças crônicas.

Diabetes e hipertensão arterial decorrentes de uma alimentação inadequada

Diabetes

A diabetes é uma doença crônica, ou seja, há tratamento, mas não há cura. Pode ter origem genética, sendo desenvolvida ao decorrer dos anos.

Mas, na maioria das vezes, é influenciada por uma péssima alimentação, rica em carboidratos simples e de alto índice glicêmico.

Os alimentos mais calóricos e ricos em carboidratos são: batata, pães, arroz e macarrão. Para aqueles com propensão de desenvolver a patologia, uma reeducação alimentar é o essencial.

Consumir alimentos ricos em fibras, como a aveia, é uma excelente ideia. Devido ao seu baixo índice glicêmico, o carboidrato da aveia é liberado na corrente sanguínea vagarosamente. Com isso, a necessidade de insulina não é tão grande, não tendo que repor a mesma artificialmente.

Banca de frutas e verduras, feira

Hipertensão arterial / Pressão alta

O cloreto de sódio, é o grande vilão dessa doença, que também é crônica.

Devido a adição desse elemento químico em grande parte dos alimentos, sua ingestão é acrescida cada vez mais.

Até mesmo alimentos doces, levam esse ingrediente, para poder intensificar o dulçor do produto.

O excesso de sal na corrente sanguínea de um hipertenso, pode ocasionar um Acidente Vascular Cerebral, popularmente conhecido como derrame.

A pressão alta, faz com que o coração seja obrigado a desempenhar sua função de maneira mais árdua, para que o sangue possa ser distribuído de maneira uniforme para o corpo.

Sabemos que o sódio é essencial para uma boa manutenção da qualidade de vida. Entretanto, seu excesso, assim como de qualquer outro alimento, é prejudicial.

Para saborizar melhor suas mercadorias, invista em temperos naturais, como por exemplo, especiarias como pimentas. O sabor irá aderir ainda mais, caso você tempere no dia anterior, deixando a carne ou outro produto descansando. O alimento irá ficar delicioso, com muito mais propriedades nutricionais, e benefícios a saúde.

Quais são os principais macronutrientes? Como funcionam no corpo humano?

Carboidratos

Os carboidratos são a primeira fonte de energia do corpo humano. Estes, são armazenados em nossos músculos e rins, na forma de glicogênio.

É essencial para garantir ânimo durante o dia. Muita pessoas retiram-os da dieta, pensando ser necessário a sua exclusão para atingir o tão sonhado emagrecimento. Entretanto, caso faça isso, seu dia se tornará ainda mais vagaroso, além do desenvolvimento do mau hálito.

As principais fontes desses alimentos, são: arroz, pão, batata, macarrão, mandioca e etc.

Gorduras (lipídios)

Os lipídios, popularmente conhecidos como gordura, são extremamente importantes para o bom funcionamento do organismo. Ele é precursor dos hormônios sexuais, principalmente testosterona.

Caso as gorduras boas sejam eliminadas da dieta, os homens irão sofrer ainda mais, se comparado as mulheres.

Além disso, as gorduras auxiliam na flora intestinal, melhorando a microbiota do seu organismo.

Os melhores óleos são os de origem vegetal. Porém, todos devem ser usados de forma cuidadosa, podendo ser inserido no cardápio até mesmo a banha de porco.

Os principais óleos de origem vegetal, são: azeite, óleo de girassol, óleo de canola, óleo de côco e óleo de amêndoas.

Proteínas

Nosso corpo é formado por aminoácidos, que são as pequenas partículas que formam as proteínas.

Possui função estrutural, sendo essencial para o fortalecimento de unhas e cabelos, como a proteína queratina. Também, o colágeno é uma importante proteína para a pele, sendo até mesmo usado como suplemento.

Esse macronutriente tão essencial, é encontrado nos seguintes alimentos: carnes em geral, ovos, leite, soja, grão de bico e feijão.

Mas, os aminoácidos essenciais a vida humana, são encontrados no arroz e feijão. Assim, o prato mais famoso no âmbito social brasileiro, é o mais rico em nutrientes, sendo composto por carboidratos e proteínas.

Essas foram algumas dicas para uma melhor alimentação, visando a manutenção de uma boa qualidade e longevidade de vida.

Alimentação Saudável



Por

Compartilhe