8 dicas para manter a saúde íntima feminina

Existem algumas regras básicas que todas as mulheres precisam seguir para conservarem a vagina saudável. Separamos 8 dicas de especialistas, que são essenciais para que as mulheres cuidem de suas próprias áreas íntimas. São medidas simples, porém importantes.

Ginecologistas afirmam que a saúde das partes íntimas do corpo deve estar no topo da lista de prioridades das mulheres. Veja as dicas:


Confira 8 dicas para manter sua vagina saudável


1. Não depile totalmente a região

Algumas mulheres podem até se sentir mais limpas e confortáveis sem pelos na região íntima, mas, de acordo com especialistas em saúde feminina, os pelos pubianos têm um propósito importante, pois protegem a vagina contra bactérias e infecções, como a foliculite. Além disso, os pelos absorvem o suor e agem como um amortecedor contra o atrito. Uma pesquisa recente descobriu que 84% das mulheres se depilam na região íntima e que 50% removem completamente os pelos.


2. Equilíbrio

A vagina tem boas bactérias que contribuem com a higiene da mulher. O uso de géis de banho perfumados, espumas e hidratantes pode perturbar os níveis de pH da região, deixando-a sujeita ao desenvolvimento de candidíase ou vaginose bacteriana.

Leia: Dicas de Higiene Íntima, Saúde Feminina


3. Roupa Íntima

Lingeries muito sensuais não são as melhores opções para as mulheres, pois seus tecidos podem causar infecção do trato urinário. Quando se trata de saúde pélvica, algumas roupas íntimas são melhores, como, por exemplo, as calcinhas de algodão, um tecido mais respirável.


4. Hidratação

Beber bastante água é importante também para a saúde da vagina. A correta hidratação do organismo evita a secura vaginal, que pode levar a problemas como infecção, coceira ou queimação. Dependendo de quão ativo você é, a dica é beber entre dois e três litros de água por dia.


5. A Regra de Ouro

Uma dica muito importante é fazer xixi depois do sexo. A micção ajuda a limpar sua bexiga e libera instantaneamente qualquer bactéria da vagina e do trato urinário, reduzindo o risco de contrair uma infecção urinária.


6. Não fique com a roupa de ginástica

É preciso tirar as roupas suadas logo depois do treino, já que elas podem se tornar um terreno ideal para a proliferação de bactérias ruins, especialmente se as roupas de ginástica forem feitas de látex ou poliéster.


7. Trabalhe seu assoalho pélvico

Fraqueza do assoalho pélvico é um problema relacionado ao envelhecimento, mas que também pode afetar mulheres mais jovens. O problema pode levar à incontinência urinária e à perda de sensibilidade durante o ato sexual. Fazer exercícios para o assoalho pélvico ajuda a estimular os músculos da região íntima.


8. Conheça o seu ciclo menstrual

Conhecer o ciclo menstrual é importante, pois ajuda a mulher a entender e rastrear sua fertilidade. Uma dica essencial é trocar o absorvente a cada 4 horas durante a menstruação.

Leia: Ciclo Menstrual


Veja também: