Saddam Hussein

Por

Saddam Hussein foi um ditador nascido no norte do Iraque. Aos 20 anos ele se filiou ao partido Baath e aos 26 anos foi nomeado vice-secretário do partido, tornando-se vice do presidente Ahmed Hasan al Bakr.

Saddam se tornou influente na década de 1970, quando deu um golpe de Estado e assumiu a Presidência do Iraque como ditador.

Em 1979 comandou a revolução dos xiitas e, no ano seguinte, começou a maior guerra da década, que durou até 1988.

Saddam sempre esteve envolvido em conflitos internacionais, o que o tornou alvo das grandes potências mundiais, em especial dos Estados Unidos.

Os conflitos comandados pelo ditador estavam quase sempre associados a divergências em relação à política de preços do petróleo e o controle de portos que lhe dariam novo acesso ao Golfo Pérsico.

Saddam teve muitos problemas com os Estados Unidos e seus aliados durante e após a Guerra do Golfo.

Ele foi atacado, em 1998, pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido com o objetivo de impedir que o Iraque produzisse armas de destruição em massa. Já em março de 2003, o país foi invadido novamente para que os Estados Unidos passassem a controlar reservas de petróleo.

Depois disso, Saddam ficou desaparecido por vários meses até que, em 13 de dezembro de 2003, o ditador foi localizado escondido num buraco subterrâneo uma fazenda da cidade de Adwar, próxima a Tikrit.

O ex-ditador foi acusado de violações dos Direitos Humanos, incluindo crimes de guerra, contra a humanidade e genocídio. E em 5 de novembro de 2006, foi condenado à forca.

Saddam Hussein foi enforcado em 30 de dezembro de 2006, aos 69 anos.

Juliana Miranda do GrupoEscolar.com

Leia também! Assuntos relevantes