Guerra do Golfo

Por

A guerra do Golfo Pérsico iniciou-se em 02/08/1990 e acabou em 27/02/1991, marcando a década de 90 com as atrocidades vividas por muitos combatentes. Teve início com apenas dois países, Kuwait e Iraque, mas, com os avanços do conflito, outros países aderiram a guerra, entre eles, os Estados Unidos.

A guerra teve início devido à acusação feita pelo presidente iraquiano Saddam Hussein a respeito da super-extração de petróleo pelo Kuwait que trazia como consequência, uma queda nos valores do produto, refletindo negativamente na economia iraquiana. Saddam Hussein trouxe a tona outros problemas entre os países e exigiu indenização, e, com a recusa do Kuwait, Saddam decide invadir o país com suas tropas.

Devido a essa atitude do presidente iraquiano, outras nações decidiram intervir para tentar reverter o quadro, a maioria, liderada pelos Estados Unidos, com o desenrolar do conflito, os americanos começaram a se preocupar com os problemas que tal situação ocasionava, afinal de contas, Iraque e Kuwait eram seus fornecedores de petróleo.

No dia 28 de agosto, o Kuwait se torna a décima nona província do Iraque. Enquanto tal mudança deixava o líder iraquiano feliz, as pressões americanas na ONU aumentavam a respeito sobre utilizar suas forças armadas. Saddam Hussein ainda tentou unir forças com a nação árabe, mas seus planos foram em vão e no dia 29 de novembro a ONU estipula que o Iraque deve deixar o Kuwait até o dia 15/01/1991.

Entretanto, todas as tentativas de paz com os iraquianos fracassaram e no dia 17/01/91, um ataque aéreo destruiu uma grande parte do Iraque. Em 28 de Fevereiro, George Bush (pai) pediu um cessar fogo, mas o Iraque só aceitou o pedido no mês de Abril. O conflito causou a morte de muitas pessoas, civis e militares.

E ainda chocou o mundo inteiro pois foi a primeira guerra noticiada pelos meios de transmissão, algo se deu devido aos avanços da tecnologia e meios de comunicação. Era possível assistir os bombardeios na mídia e presenciar toda sua destruição e morte.

O Kuwait acabou voltando a ser independente, porém, além da atrocidade vivida e das mortes presenciadas, perdeu quase 10 bilhões de dólares devido à queda na produção de petróleo. O Iraque também perdeu, sofrendo sanções econômicas e até mesmo os Estados Unidos sofreu com os resultados da guerra, despertaram o ódio e a antipatia de muita gente.

Outro ponto que não podemos esquecer a respeito da Guerra do Golfo Pérsico, foi a atitude de Saddam Hussein quando se retirava das terras do Kuwait. Eles incendiaram os poços de petróleo do país e como se não bastasse, derramaram óleo no Golfo acabando com a vida de muitos animais.

Para os americanos, o conflito no Golfo Pérsico era algo vivo em sua memória, como uma ferida que pulsava constantemente no coração do país. Saddam Hussein havia escapado e ainda se vangloriava de seus feitos. Até que, em 2003, dois anos depois ao atentado as Torres Gêmeas, o Iraque acabou sendo invadido por ordem de George W. Bush, Saddan Hussein foi capturado e no dia 31/12/2006 foi enforcado com direito a cobertura da mídia.

Leia também! Assuntos relevantes