Reciclagem de Computadores (Lixo Eletrônico)

Reciclagem de Computadores (Lixo Eletrônico)

Por

Com o avanço da tecnologia pelo mundo, os computadores se tornam rapidamente obsoletos e precisam passar por um processo de reciclagem para evitar o acúmulo de lixo eletrônico no planeta. A reciclagem de computadores é feita para evitar que componentes com potecial poluente fiquem expostos no meio ambiente, prejudicando a natureza e a saúde das populações.

Segundo dados do Greenpeace, são produzidos anualmente cerca de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico. Os computadores têm elementos tóxicos em sua composição, como peças com metais poluentes como o mercúrio, o chumbo e o cádmio. Por isso, os computadores não podem ir para aterros sanitários comuns. Eles precisam ser direcionados a locais específicos para a reciclagem, a fim de evitar a poluição do solo, dos rios e lençóis freáticos.

Os componentes do computador e também do monitor devem ser reciclados, e podem ser usados, posteriormente, para a fabricação de novos produtos, como os pisos cerâmicos, por exemplo. Alguns municípios no Brasil já contam com centros de reciclagem de lixo eletrônico, onde os moradores podem entregar computadores, notebooks e outros aparelhos velhos para serem corretamente descartados.

No Estado de São Paulo, a Assembleia Legislativa aprovou uma lei que determina que os fabricantes, importadores e comerciantes de computadores e eletrônicos sejam responsáveis por recolher e destinar o lixo eletrônico. A iniciativa é favorável, mas apenas a consciência da população pode evitar o descarte incorreto desse tipo de resíduo.

Leia também! Assuntos relevantes